PARTIDO HUMANITÁRIO NACIONAL - PHN ESTÁ LEVANTANDO UMA CAMPANHA EM BUSCA DE ASSINATURAS. SE VOCÊ FOR CONVIDADO POR ALGUÉM PARA ASSINAR, ASSINE. COM ISSO ESTARÁ DANDO APOIO AO PHN QUE JÁ EXISTE EM QUASE TODO BRASIL E EM LARANJEIRAS/SERGIPE.

31/07/2010

Agora você pode ver nomes, números e partidos de todos os candidatos por Sergipe

Só Notícias políticas

Abrimos uma edição extra desta página para melhor deixar claro quem é quem nessas eleições. O eleitor pelo menos fica sabendo quem é candidato a deputado estadual, federal, senador e governador pelo Estado de Sergipe. São todos os nomes. Nessa edição extra também levaremos outros assuntos de caráter político e de opinião própria da nossa redação e assim, mostrarmos os candidatos mais exibidos no município de Laranjeiras. Levaremos a todos informações deles. Acompanhe entrando nessa página e clicando no link "Folha da Cidade - Política, Edição extra" - que fica no lado direito.

29/07/2010

TSE disponibiliza ao eleitor simulador de votação na urna eletrônica

Como mais uma iniciativa para incentivar a participação dos eleitores brasileiros nas eleições gerais de outubro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza em seu portal na internet um simulador de votação. O objetivo é mostrar ao eleitorado como é simples votar na urna eletrônica que será utilizada no pleito.
No endereço www.tse.jus.br, o eleitor tem acesso às instruções sobre como votar na urna eletrônica, tanto no candidato, quanto no partido. A página ainda informa sobre a opção do voto em branco.
Depois de ler as instruções, o eleitor pode fazer a simulação de voto na eleição nacional e no Distrito Federal. Ele terá de escolher os seus candidatos para os cargos de deputado estadual (ou distrital), deputado federal, senador (duas vagas), governador e presidente. Justamente por ser um simulador, o sistema oferece ao usuário a opção de votar em candidatos de cinco legendas fictícias: o Partido das Formas Geométricas (PFG) - 91, o Partido das Frutas (PF) - 92, o Partido dos Animais (PA) - 93, o Partido dos Brinquedos (PB) - 94, e o Partido dos Esportes (PE) - 95. O eleitor ainda pode fazer a simulação de voto em trânsito, isto é, fora do domicílio eleitoral no Brasil, e a simulação de voto no exterior.
Para mais informações sobre o sistema eletrônico de votação brasileiro acesse o site www.tse.jus.br/urnaeletronica

Luiza Ribeiro vai pedir apoio de Carlos Alberto Tucano em Laranjeiras

Luiza Ribeiro esteve em Laranjeiras, dia 28, e buscou o apoio de Carlos Alberto Tucano para deputada estadual. A conversa durou mais de uma hora até porque ele não tinha interesse em apoiar ninguém nessas eleições, mas ficou decidido que a representação de Luiza Ribeiro em Laranjeiras compete ao trabalho de Carlos. Tudo está girando em torno agora dos trabalhos que serão desenvolvidos e que através da liderança de Carlos seja possível arrastar alguns votos. Não foi falado 500, mil, dois ou cinco mil votos como se fala os principais candidatos de Laranjeiras, mas Carlos trabalhará no vale tudo até um voto. “A técnica para ganhar votos vai ser usada entre amigos até porque não se tem estrutura financeira que venha respaldar uma conquista maior de votos”, fala Tucano acreditando que não será fácil conseguir votos na cidade mesmo porque já sabe como funciona essa questão de eleitor principalmente no dia da eleição. “Na verdade o eleitor é quem vota e garante a eleição do político então dependemos dele e da forma que ele é”, finaliza. Agora, já que tudo está certo, só resta correr atrás e esperar o resultado.
Carlos Alberto foi Diretor Secundarista da Juventude Nacional do PSDB, foi da juventude Estadual do PSDB e Presidente do PSDB bem como do PMN local; foi fundador do Movimento Estudantil na cidade onde mora e Presidente da União Municipal dos Estudantes de Laranjeiras – Umel; foi Presidente do Centro Acadêmico de Direito da Faculdade de Sergipe e Presidente da Associação de Radiodifusão de Laranjeiras. Atualmente é presidente da Associação de Moradores do Povoado Machado.

Estudante tem direito a receber pensão até 25 anos

A Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (de Direito Público) ratificou sentença de Primeiro Grau que julgou procedente pedido feito pelo filho de uma servidora pública do Estado para receber pensão mensal após a morte da mãe. O benefício será pago até que o autor da ação complete 25 anos de idade, desde que ele continue a comprovar a sua qualidade de estudante. A votação foi unânime entre o desembargador Márcio Vidal (relator), desembargadora Clarice Claudino da Silva (vogal) e a juíza convocada Vandymara Ramos Galvão Paiva Zanolo (revisora).
A decisão original foi tomada nos autos de uma ação declaratória combinada com cobrança de benefício de pensão por morte, pleiteada pelo beneficiário, que é estudante de curso superior. O governo do Estado também terá que quitar as parcelas vencidas, com acréscimo de juros e correções.
O relator do processo se baseou na Lei nº. 4.491/1982, legislação vigente à época da ocorrência do óbito da servidora. De acordo com o Artigo 7º da lei, consideram-se dependentes do segurado a esposa, o marido inválido, a companheira mantida há mais de cinco anos, os filhos de qualquer condição, menores de 18 anos ou inválidos, e os filhos, até 25 anos, que comprovem documentalmente estarem cursando em estabelecimento de ensino público ou particular.
Na análise dos autos, o desembargador concluiu que o autor da ação faz jus ao direito de continuar percebendo a pensão temporária, até completar 25 anos de idade, uma vez que comprovou a condição exigida pelo ordenamento jurídico para o recebimento do benefício, qual seja, ser estudante universitário e contar com menos de 25 anos de idade. Diário de Notícias.

Delegado diz ter provas suficientes para acusar Bruno

"A Polícia Civil de Minas Gerais segue convicta de que tem provas suficientes para incriminar o goleiro Bruno Fernandes de Souza pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da modelo Eliza Samudio", afirmou o delegado Edson Moreira, que preside o inquérito. A ex-amante de Bruno lutava pelo reconhecimento do filho. Um último episódio confundiu a opinião pública - o depoimento do menor J., 17 anos, primo de Bruno, que durante acareação ontem, assumiu ter mentido nos outros depoimentos feitos à polícia.
A acareação foi acompanhada pela Polícia Civil, advogados, pela mãe do menor além de um representante da Ordem dos Advogados do Brasil em Minas Gerais(OAB-MG). J., que nos depoimentos feitos às polícias do Rio de Janeiro e Minas Gerais, afirmou ter presenciado a cena do crime, além de ter visto a mão de Eliza ter sido jogada aos cães, desmentiu e disse ter criado tudo porque estava sob efeito de drogas e que teria sido pressionado por uma delegada a inventar qualquer coisa, caso contrário, pegaria internação de seis anos ou mais.
Apesar da mudança do depoimento, a polícia acredita que foi favorável e proveitoso, como explicou Edson Moreira. O laudo de algumas perícias, análise de documentos e materiais recolhidos em locais de buscas são fundamentais para conclusão do inquérito.
O delegado que preside o inquérito disse que por meio da quebra de sigilo telefônico dos suspeitos, investigadores estão cruzando ligações feitas entre eles. Os registros do GPS do carro de Bruno, a Ranger Rover, onde foi encontrado o sangue da Eliza, devem apontar a trajetória feita nos dias em que Eliza foi sequestrada e mantida em cativeiro, entre os dias 4 e 8 de junho.
Uma das provas mais importantes pode estar em um computador portátil de macarrão apreendido na casa do goleiro Bruno no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro. Provas que a polícia tem e que somente serão divulgadas no relatório do inquérito, previsto para a próxima semana.
Fonte: Yahoo Notícias

Nome negativado não afasta direito de posse a candidato aprovado

O juiz da 4ª Vara Cível de Brasília proferiu liminar em favor de candidato aprovado no concurso do Banco do Brasil, a fim de garantir-lhe a posse naquela entidade, uma vez que o banco teria condicionando o ato à exclusão do nome do candidato do sistema de proteção ao crédito.
O autor conta que foi aprovado em concurso público da ré e convocado para que apresentasse documentos necessários para dar início aos procedimentos admissionais. No entanto, foi informado de que seu nome constava no sistema de proteção ao crédito e que se não o retirasse dos cadastros daquela instituição seria considerado desistente e excluído da seleção. Ele afirma que já obteve ordem judicial para retirada da negativação, porém a mesma não foi cumprida.
Para o juiz `Trata-se de violação ao princípio da impessoalidade, pois impedir que candidato concursado e aprovado não tome posse, em face de litígio cível é uma arbitrariedade do administrador`. Ele acrescenta que `Todo cidadão tem o direito de trabalhar e sustentar-se de seu trabalho em condições dignas. Em face do trabalho lícito deve-se prestigiar o impetrante e incentivá-lo no pagamento de débitos que por ventura tenham gerado negativação em seu nome. Presumir incapacidade em razão de negativação de funcionário viola direitos e princípios fundamentais do cidadão e caracteriza-se como atitude desproporcional ao valor social do trabalho`.
O magistrado destaca, ainda, que mesmo que houvesse previsão editalícia corroborando a posição assumida pelo banco, tal documento (edital) tem caráter normativo e `deve ser elaborado de modo a não violar direitos e princípios consagrados na Constituição`.
Diante disso, o julgador deferiu liminarmente o mandado de segurança para decretar que seja garantida a posse do candidato no cargo de escriturário do Banco do Brasil, em continuidade de sua contratação, respeitando-se a ordem de classificação obtida no concurso. Por fim, fixou pena de multa diária no valor de dez mil reais, em caso de descumprimento da ordem judicial.
Nº do processo: 2010.01.1.129946-6. Fonte: TJDF - Tribunal de Justiça do Distrito Federal, 28 de julho de 2010. Na base de dados do site endividado.com.br

Se você fizer um concurso público e passar não poderá assumir a vaga por está com o nome negativado!


Na verdade o que se sabe é que todos que estão no SPC/SERAS mesmo passando em Concursos Públicos não poderão assumir a vaga justamente porque o nome está negativado. Com essa decisão acima é mais uma ferramenta importante para que todos que estiverem nessa situação possam usar como exemplo esse resultado apresentado. Pensam-se, ainda não tenho certeza de que já virou lei ou não, que o brasileiro que estiver com o nome negativado e for pedir emprego, a empresa fazendo uma busca o candidato ao emprego poderá não ficar em virtude da negatividade. Mas isso foi anuncio de que planejam uma lei para quebrar com essa situação e assim, mesmo estando no SPC/SERASA você poderá conquistar sua vaga junto ao Concurso Público bem como arrumar um emprego sem grandes constrangimento ou problemas desses tipos.

ONG fundada por Delúbio é condenada a restituir R$ 7 mi


O Instituto Nacional de Formação e Assessoria Sindical da Agricultura Familiar Sebastião Rosa da Paz (Ifaz) foi condenado pela Justiça Federal a restituir R$ 7 milhões aos cofres públicos. A organização não-governamental (ONG) é acusada de fraude contábil e uso de “sede de fachada” em Goiânia para administrar um convênio com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), firmado em 2006. O extesoureiro do PT Delúbio Soares aparece como um dos fundadores na ata de criação da entidade. O vereador Carlos Soares, de Goiânia, irmão de Delúbio, disse que ele não faz parte da ONG. “O nome dele consta na ata de fundação, mas não encontramos nenhuma prova contra ele”, disse o procurador. O Ifaz é dirigido por Paulo César Farias, conhecido como PC Farias, homônimo do extesoureiro de Fernando Collor de Mello.
A condenação da ONG, de- terminada pelo juiz da 4.ª Vara Federal em Goiás, Juliano Taveira, foi revelada pelo jornal O Globo.
O esquema foi descoberto pelo procurador Raphael Perissé, do Ministério Público Federal (MPF), há dois anos. “O Ifaz era só uma fachada”, disse. Segundo ele, a ONG chegou a receber R$ 4 milhões em repasses do Incra. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Globo condenada por "pegadinha do Faustão"

A reprodução desautorizada de imagem de uma brincadeira na tevê, mesmo que não seja ofensiva, garante indenização. Com esse entendimento, o desembargador Jesus Lofrano, da 3ª Câmara de Direito Privado do TJ de São Paulo, condenou a Rede Globo a indenizar um casal vítima de uma pegadinha do Faustão em R$ 5 mil. “As testemunhas alegaram terem assistido o programa que veiculou a pegadinha, comprovando a participação dos autores na brincadeira”, diz o acórdão. Ainda cabe recurso.
O casal entrou com ação de indenização por danos morais contra a Rede Globo após a exibição da brincadeira feita pelo programa `pegadinha do Faustão`. Os dois, representados pelo advogado Marcelo Monteiro dos Santos, não gostaram da veiculação de uma brincadeira feita em um supermercado.
Anteriormente, o juiz Marcelo França de Siqueira e Silva, da 25ª Vara Cível de São Paulo, julgou improcedente a ação de indenização contra a Rede Globo por falta de provas. De acordo com o juiz, não foi apresentada a fita de vídeo que comprovasse a brincadeira. Por isso, ele entendeu que não houve a veiculação da imagem dos autores no programa Domingão do Faustão. O casal foi, então, condenado a pagar as custas, despesas processuais e os honorários advocatícios, fixados na proporção de 15% sobre o valor da causa.
O TJ paulista reformou a decisão. O desembargador afastou a Lei de Imprensa, artigo 58, §§ 1° e 3º, que determina o prazo de 30 dias para conservação em arquivo dos programas exibidos. Lofrano entendeu que o prazo era insuficiente para a produção de prova material — cópia das gravações. A emissora afirmou que não tinha as gravações, mantidas por apenas 30 dias. Dessa forma, o desembargador aceitou prova testemunhal da participação no programa.
De acordo com os autos, a brincadeira consistia em uma pequena confusão que atores causavam em um supermercado. “Quando o cliente do supermercado se aproximava do caixa para pagar suas compras, era abordado pela atriz, a qual se passava como cliente e queria a permissão para passar à frente no caixa para pagar o pacote de bolachas, e assim as pessoas permitiam sua passagem”, relata o acórdão.
E mais: Ao passar pela pessoa, `a atriz chamava o outro ator, o qual vinha logo atrás da pessoa com um carrinho de supermercado lotado de pacotes de bolacha; quando a pessoa percebe o abuso, instaura-se a discussão entre o cliente, a atriz e o ator, alegando os atores que o cliente havia permitido passar com as bolachas.”
Para o desembargador, “ainda que a brincadeira não tenha sido ofensiva de modo a propiciar indenização por danos morais, houve reprodução desautorizada de imagem em programa veiculado pela ré, razão pela qual os autores devem ser indenizados.”
Com base na Súmula 403 do STJ, o relator entendeu que não havia a necessidade de apresentar o vídeo comprovando a participação dos clientes do supermercado. `Independe de prova do prejuízo a indenização pela publicação não autorizada de imagem de pessoa com fins econômicos ou comerciais`, diz o verbete.
O desembargador Jesus Lofrano acatou a apelação do casal e condenou a Globo a indenizá-lo, por danos morais, em R$ 5 mil para cada um dos cônjuges. O valor deverá ser corrigido na publicação do acórdão e com juros a partir da veiculação desautorizada da `pegadinha`. A emissora deverá arcar, ainda, com os honorários fixados em 15% do valor corrigido da condenação. (Proc. nº 994050545561 - com informações do Conjur)
Fonte: Espaço Vital - www.espacovital.com.br, 28 de julho de 2010

28/07/2010

Pastor Arivaldo José participará de chat, no Infonet.com.br

O Site Infonet.com.br, está fazendo uma interação com os candidatos ao governo do Estado. O participante é o internauta que tiver interesse então poderá participar com um bate papo. E o primeiro a ser chamado é o candidato Pastor Arivaldo José do PSDC. Veja abaixo o calendário.
Pr. Arivaldo José / Foto: Infonet.com.br
Calendário:Dia: 28/07 - Arivaldo José -PSDC às 16h
Dia: 03/08 - Avilete Silva Cruz - PSOL às 16h
Dia: 10/08 - Francisco Henrique-PRTB às 16h
Dia: 17/08 - João Alves - DEM às 16h
Dia: 24/08 - Leonardo Victor - PCB às 16h
Dia: 31/08 - Marcelo Déda - PT às 16h
Dia: 09/09 - Vera Lúcia - PSTU às 16h
Mais informações você pode entrar no portal da Infonet.com.br e saber mais ou mesmo participar do debate.

27/07/2010

Buraco é o que não falta na Rua da Palha, centro de Laranjeiras!


Na Desembargador Libério Monteiro, mais conhecido como Rua da Palha, aconteceu uma coisa interessante. No início dessa rua, tendo como entrada o lado do Hospital São João de Deus, o pessoal da Secretaria de Obras estava construindo algo em um terreno baldio nas proximidades dessa rua. Uma cratera bastante grande veio a se abrir na entrada da rua pelo lado do hospital, conforme vê na foto acima, e isso já se tem mais de três meses. A obra que era realizada pela Prefeitura Municipal de Laranjeiras, através da Secretaria de Obras, parou e o que é pior, a cratera ficou até hoje e nenhum deles, mesmo trabalhando próximo a essa cratera teve a coragem de ir lá tapar o buraco e olha que é muito grande os carros pequenos passam com muita dificuldade, grandes não passam. É muita irresponsabilidade mesmo e o que aconteceu é que seus moradores mais vizinhos colocaram palhas no local e jogaram terras, tentando tapar o buraco. Isso não resolveu o problema, mas pelos menos mostrou ao governo municipal de que ali precisa de reparos e com urgência, mesmo porque os capins começaram a crescer no local - que subtende que já tem muito tempo o buraco e para completar, a própria Prefeitura colocou um cavalete para que os carros não passem.


Essa é a entrada da Rua da Palha seguindo roteiro para a Comandaroba e Rua Direita. Veja como ela está.
O interessante nisso tudo é que a Prefeitura sabe e ao invés de resolver o problema, procurou complicar colocando os cavaletes. A comunidade está furiosa com isso e pede socorro a quem pode ajudar. Cadê a Secretaria de Obras que estava lá quando o buraco apareceu? Por que não taparam o buraco enquanto estavam lá? Todo esse problema citado a prefeitura é sabedora e nada faz.
Nesta mesma rua tem vários buracos no meio dela e o que é pior, reclamação é o que não falta, mas a pergunta é: por que não fazem nada? Ao lado de Renato da Cachaça bem como frente ao Bar de Fernando a rua está esburacada – citamos estes lugares porque são bastante conhecidos. Mas que façam alguma coisa!
O problema já fora denunciado, dia 22, no blog do Reginaldo e agora estamos dando a cobertura em relação ao problema para que ele seja resolvido. Ao contrário, faremos o mesmo que o blog do nosso amigo Reginaldo disse: "...vamos mobilizar toda a imprensa" nesse sentido. (fotos: blogdoreginaldo) 

Caso Eliza: defesa pede habeas corpus para três suspeitos

O advogado Ércio Quaresma deu entrada hoje, no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (YJ-MG), a pedidos de habeas-corpus em favor de três dos suspeitos de envolvimento no sequestro e suposto assassinato de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes de Souza. Os processos pedem a libertação de Wemerson Marques de Souza, o Coxinha, Elenilson Vitor da Silva e Flávio Caetano de Araújo, o Flavinho. Eles serão analisados pelo desembargador Julio Cézar Gutierrez, da 4ª Câmara Criminal do TJ de Minas.
O inquérito sobre o desaparecimento e possível homicídio de Eliza Samudio completou um mês nesta segunda-feira. Já são pelo menos 1,3 mil páginas que, segundo o delegado Edson Moreira, que preside as investigações, possuem provas suficientes para incriminar o goleiro Bruno. O prazo inicial para a conclusão do inquérito é de 30 dias, mas devido aos pedidos solicitados à Justiça, o prazo só termina no próximo dia 5, quando a polícia ainda poderá fazer um pedido de ampliação dessa data para conclusão dos trabalhos.
O delegado Moreira disse ainda que espera laudos periciais para encerrar a investigação. Os depoimentos fundamentais foram os do menor J., de 17 anos, detido na casa do goleiro no Rio de Janeiro, e do primo do jogador, Sérgio Rosa Sales, 22 anos, que confirmaram a morte de Eliza. Já em outros depoimentos seguintes, eles entraram em contradição quanto aos detalhes do sequestro e do suposto assassinato.
A principal prova é para a polícia o sangue encontrado em uma caminhonete de Bruno, apreendida no início de junho, antes das investigações sobre a morte de Eliza, por estar com a documentação irregular. O carro passou por perícia e exames indicaram a presença de sangue da jovem e de um homem. Os suspeitos presos não forneceram material genético para exame de DNA. Fonte: Yahoo Notícias

26/07/2010

Cinform divulga pesquisa feita pelo Dataform dos candidatos em Sergipe

Jornal Cinform divulgou hoje mais uma pesquisa de opinião de votos dos sergipanos. Na verdade tudo é como no início, ninguém sabe muito ou tudo poderíamos dizer é cedo para se comentar que o resultado seria o resultado final da eleição, mas é que os candidatos se mobilizarem em prol de um fortalecimento de sua candidatura  e, como de fato, alguns tens resultados esperados outros não. Mas a pesquisa mostrada no Cinform apontam os dois principais candidatos brigando pelo voto popular e, é calro, para ser eleito.
Na opinião dos eleitores votantes da pesquisa veja o resultado abaixo:
Governador induzida
Marcelo Déda 41,1 %
João Alves 37,6%
Neste caso ai, poderíamos dizer que há um empate técnico mesmo porque para quem estava sumido como é o caso do ex-governador João Alves Filho, seu resultado parece muito bom. Ao contrário do de Deda, que é atual governo de Sergipe e candidato a reeleição. Poderia está melhor!
Rejeição Para Governernador
João Alves 27,1%
Marcelo Déda 24,9%
O resultado apontado para as rejeições muda o quadro e Deda por ser mais popular, aparece com menos.
2º turno para Governador
Marcelo Déda 44,2%
João Alves 41,7%
Para Senador os 4 primeiros colocados são Valadares 28%; Albano 22%; Amorim 10,7%; Machado 4,1%. Isso para a 1ª Opção.
Na 2ª Opção para Senador, os 4 primeiros colocados sao: Valadares 21,3%; Albano 17,7%; Amorim 12,6% e Machado 2,8%.
Vejamos agora a rejeição dos Senadores apontados nos 4 primeiros colocados: Albano 14,2%; Amorim 8.0%; Valadares 7,3%; e por fim, Gugu liberato 4,5%.
O resultado da pesquisa que mostramos é de apenas para governador e para senador que obtêm assim mais chances de ocuparem os cargos.
Fonte pesquisada: Cinform

O que de fato importa


 
Pesquisas de intenção de voto, concluídas na mesma semana, podem apresentar resultados tão díspares como foi o caso das divulgadas pelos institutos Vox Populi e Datafolha na última sexta-feira e no sábado?
O Vox deu Dilma Rousseff com 41% contra 33% de José Serra. O Datafolha deu Serra com 37% contra 36% de Dilma. Esquisito, não é mesmo?
Talvez seja. Mas não significa necessariamente que uma das pesquisas esteja errada. A do Vox foi aplicada entre os dias 17 e 20. A do Datafolha entre 21 e 23.
O Vox entrevistou 3 mil eleitores em todo o país. O Datafolha, 10.905, a maioria deles em oito Estados. Margem de erro da pesquisa Vox: 1,8% para mais ou para menos. Da pesquisa Datafolha: 2%.
Apliquemos no extremo as margens de erro das duas pesquisas, arredondando a do Vox de 1,8% para 2%. Assim, Dilma poderia ter no Vox 39% (dois pontos a menos) e Serra, 35% (dois pontos a mais).
No Datafolha ela teria 38% (dois pontos a mais) e Serra, 35% (dois pontos a menos). Os resultados dos dois institutos ficariam quase iguais. Com Dilma na frente em ambos.
Partidários de candidatos costumam festejar percentuais. Ligam menos para o que de fato importa nas pesquisas ou no conjunto delas.
No caso do Vox: pesquisa anterior de 29 de junho apontou Dilma com 40% das intenções de voto contra 35% de Serra. Pesquisa Datafolha de 2 de julho mostrou Serra com 39% contra 37% de Dilma. Ou seja: a situação dos dois candidatos pouco mudou no período de quase um mês.
No Vox, Dilma veio de 40% (em junho) para 41%, e Serra de 35% para 33%. No Datafolha, Dilma saiu de 37% (no início de julho) para 36%, e Serra, de 39% para 37%.
Fala, Marcos Coimbra, presidente do Vox: “Levando-se em conta as mais recentes pesquisas Ibope, Vox e Datafolha, Serra parou de cair e Dilma de crescer”.
É uma boa notícia para Serra. O principal objetivo dele é chegar empatado com Dilma no próximo dia 17 quando começa no rádio e na televisão a temporada de propaganda eleitoral.
Por ser boa para Serra, a notícia é ruim para Dilma, que pretendia ultrapassá-lo antes do dia 17. Não é impossível que consiga. Há mais dados favoráveis a ela do que a Serra na pesquisa Datafolha.
Na simulação de segundo turno, Dilma aparece um ponto à frente de Serra.
Na pesquisa espontânea, quando o entrevistado diz em quem pretende votar sem ver a lista de candidatos, Dilma derrota Serra por 21% a 16%.
Há 4% de eleitores que afirmam querer votar em Lula, 3% “no candidato do Lula” e 1% “no candidato do PT”. A rejeição a Dilma é menor (19% a 26%). A crença na vitória dela, maior. E seus eleitores mais fiéis.
O Datafolha apurou as intenções de voto para governador em oito Estados. E ao fazê-lo descobriu que foi infrutífero o esforço do PSDB para montar ali palanques que fortaleçam Serra.
Em Minas Gerais, Rio, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia e Pernambuco, Serra tem mais votos para presidente do que os candidatos que o apóiam têm para os governos. Em São Paulo e no Distrito Federal tem menos.
Serra só faltou suplicar de joelhos para que Jarbas Vasconcelos (PMDB) fosse candidato pela terceira vez ao governo de Pernambuco. Por ora, Jarbas tem pouco menos da metade do índice de intenção de votos do governador Eduardo Campos (PSB), candidato à reeleição.
Situação parecida existe na Bahia. Jaques Wagner (PT), candidato à reeleição, tratora seu adversário Paulo Souto (DEM).
Para crescerem, tais candidatos precisarão se agarrar com Serra e não Serra com eles.
Como sempre Minas é um caso à parte. Serra tem mais que o dobro da intenção de votos de Antonio Anastásia (PSDB). Mas Aécio Neves (PSDB) tem para o Senado o dobro da intenção de votos de Serra. Se quiser, pode dar-se ao luxo de cacifar Anastásia deixando Serra meio de lado.
Em seis dos oito Estados, Dilma tem menos de votos do que seus aliados para os governos. Tanto melhor para ela que espera ser catapultada por eles.
Fonte: O Globo - blog do Noblat

Gerente de empresa manda funcionária tomar naquilo... tudo e muito mais! Veja a matéria abaixo

`Vou comer o teu..., se não bater a meta´

Mais um caso de assédio moral e sexual a uma funcionária de uma grande empresa vem à tona. Desta vez, a condenação é do Unibanco pela 9ª Turma do TRT-4, que atendeu ao pleito de uma trabalhadora que sofreu constrangimentos por causa de atitudes reprováveis de um dos gerentes da instituição financeira, em uma de suas agências de Porto Alegre.
A reclamante foi admitida pelo Unibanco por meio de empresa interposta - Atento Brasil S.A. - e exercia tarefas típicas da atividade-fim do banco, como assistente administrativa, inclusive atuando como secretária do gerente regional, o que `demonstra claramente a existência de subordinação e pessoalidade diretas`, conforme reconheceu o juiz Almiro Eduardo de Almeida, da 29ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, que declarou o vínculo de emprego. Ela prospectava novos clientes, abria contas correntes e oferecia produtos. As atividades eram prestadas no departamento de telemarketing do Unibanco.
Após analisar temas como prescrição e parcelas pecuniárias decorrentes da relação de emprego, o julgador de primeiro passou à análise do tema do assédio moral e sexual que a reclamante sustentava ter sofrido nas dependências do seu local de trabalho.
Uma testemunha ouvida em Juízo revelou o nível das ofensas desferidas contra a trabalhadora: “havia cobranças em reuniões onde o empregado era exposto na frente de colegas e cobranças na mesa de Denilson também na frente de outros colegas; o tratamento era desrespeitoso, com ofensa verbal; que Denilson dizia para a testemunha: que ´vou colocar o pau na mesa´, ´vou comer o teu rabo se não bater a meta´, ´tu é pior do que uma tartaruga, a tartaruga é mais rápida que tu”.
Para o julgador de origem, as cobranças pelo atingimento das metas feriram direitos de personalidade da funcionária, ensejando uma reparação de R$ 5 mil.
Por outro lado, o magistrado entendeu que assédio sexual não teria havido, apesar do depoimento testemunhal colhido. Disse uma testemunha que “uma ocasião viu Denilson coxando a reclamante, passando a mão na coxa da reclamante; que às vezes ele entrava em saites de pornografia e ficava comparando a mulher do saite com a reclamante; que a reclamante se sentia sem jeito nestas ocasiões; que os fatos também aconteciam com outras empregadas”.
A conduta do gerente, embora tida por inaceitável, não foi bastante para convencer o juiz de primeiro grau do assédio sexual, por não haver indicação de que o preposto do banco tivesse oferecido vantagens ou criado obstáculos à reclamante com o objetivo de obter favores sexuais.
Em segundo grau, porém, a reclamante obteve expressiva reforma da sentença, nestes dois pontos. O relator, desembargador Antônio Cassou Barbosa, lembrou que a prova oral mostra claramente que as cobranças das metas eram ofensivas à personalidade da trabalhadora, na medida em que `o tratamento desrespeitoso e excessivamente exigente dado pelos superiores hierárquicos do reclamado aos seus empregados merece ser entendido como verdadeiro assédio moral`. O desembargador Barbosa é oriundo da Advocacia e ocupa vaga destinada ao quinto constitucional.
Ao referir que a reclamante era vítima de xingamentos na frente dos colegas, o relator anotou que `o dano moral na relação de trabalho se configura quando atacados valores inerentes à pessoa que venham a causar constrangimento, vexame e dor à vitima dentro do contexto de uma sociedade, onde o local de trabalho se insere, o que ocorre na presente hipótese`. Por isso, os julgadores do tribunal decidiram aumentar o valor da indenização a R$ 20 mil.
No tocante ao alegado assédio sexual - não visualizado na sentença -, o acórdão do TRT-4 afirma que a prova colhida demonstrou o constrangimento por que passou a trabalhadora, `caracterizado pelo tratamento desrespeitoso e o molestamento ocasionado pelas condutas assediadoras por parte de superior hierárquico, gerando pressão psicológica e desconforto à reclamante no ambiente de trabalho`.
Para tanto, o julgado de segundo grau deu relevo ao fato de o gerente ter passado a mão e se encostado no corpo da funcionária, bem como de ter comparado a subordinada a outras mulheres que apareciam em saites de pornografia acessados durante o próprio expediente. A conduta gerencial foi considerada `incomum para o que é social e humanamente aceitável`.
O acórdão refere que `o vocabulário de baixo calão utilizado pelo superior hierárquico na cobrança de metas, bem como a abordagem feita de caráter pessoal e físico diretamente à reclamante, conforme denuncia a prova oral, são suficientes para se reconheça que o empregador, na pessoa do funcionário que atribuiu cargo de confiança, agiu de forma a macular a dignidade da trabalhadora como ser humano inserido no contexto social`.
Uma das conclusões alfineta o Unibanco: `o ambiente de trabalho proporcionado pode ser reconhecido como de liberalidade excessiva`. Pelo assédio sexual, o TRT-4 fixou a indenização em R$ 40 mil - além dos R$ 20 mil já mencionados.
Ainda pendem de julgamento embargos de declaração. Detalhe: uma das testemunhas da reclamante revelou também ter ajuizado ação contra o Unibanco por assédio motivida pelos mesmos fatos.
Atuam em nome da reclamante os advogados Eyder Lini e Mariana Souza Lini. (Proc. nº 0074600-25.2007.5.04.0029).
Fonte: Espaço Vital - www.espacovital.com.br, 23 de julho de 2010.

R$ 30 mil por constrangimento: Consumidores expostos ao ridículo durante o período de inadimplência podem receber indenização

Rio - Estar na condição de inadimplente não justifica que o consumidor seja exposto ao ridículo no momento da cobrança. Apesar de previsto no Artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), esse direito parece passar despercebido pelas empresas, ou pior, elas acreditam que não serão acionadas judicialmente e mantêm a prática irregular.
Segundo a Associação de Assistência ao Consumidor e Trabalhador (Anacont), é possível ganhar até 60 salários mínimos, ou seja, R$ 30.600 em indenização por dano moral com ação nos Juizados Especiais Cíveis.
Como se não bastasse ser cobrada por dívida que não fez, a aposentada Diná Rosa Mascarenhas, 64 anos, foi constrangida diversas vezes pelos funcionários de empresa de cartão de crédito. Após cinco meses de negociação em vão, ela ingressou na Justiça por danos morais. “Sempre paguei minhas faturas em dia. Todos os meses a cobrança chegava com multas. Sofri constrangimentos e pedi danos morais”, conta a aposentada, que recebeu R$ 4 mil após acordo com a empresa.
O presidente da Anacont, José Roberto de Oliveira, orienta que se as empresas infringirem o Artigo 42 do CDC — que destaca que na cobrança de débitos, o inadimplente não pode ser exposto a ridículo, nem ser submetido a ameaça — o cliente deve ingressar no Juizado Especial Cível.
Se durante a cobrança o consumidor constatar que foi constrangido física ou moralmente, que sofreu afirmações falsas ou outro procedimento que tenha interferido no trabalho, descanso ou lazer, é necessário procurar a Delegacia de Defesa do Consumidor. E, posteriormente, ingressar na Vara Criminal. A violação do Artigo 71 do código leva a detenção de três meses a um ano, além de multa.

Sem muita preocupação com imagem
Os maiores casos de cobrança irregular são encontrados nas operações realizadas pelos escritórios terceirizados. Segundo a advogada do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Maria Inês Dolci, isso ocorre porque alguns funcionários que trabalham nesses locais não têm o compromisso de manter a boa imagem institucional do credor.
“As lojas apostam na ignorância e vulnerabilidade do consumidor. Elas perdem porque a imagem fica negativa com o consumidor. O cliente vai se manter no mercado, mesmo pelo período que tiver inadimplente”, explica Dolci.
Para a advogada, a melhor saída é procurar a conciliação: “A composição amigável evita o desgaste entre as partes. Em um determinado momento é necessário saber qual será a melhor opção. Em vez de ficar anos na Justiça, pode-se resolver algumas pendências em alguns meses”. Os órgãos de defesa do consumidor são fundamentais no processo de orientação.

O QUE FAZER PARA GARANTIR OS DIREITOS
RECADO COM VIZINHO
O inadimplente que chegar em casa e descobrir que a empresa credora deixou recados com vizinhos, deve registrar Termo Circunstanciado (TCO), equivalente ao Boletim de Ocorrência, na Delegacia do Consumidor. O documento será encaminhado ao Juizado Especial Criminal. É possível ajuizar ação para reparação do dano moral.
SECRETÁRIA ELETRÔNICA
As empresas não podem deixar recados em secretárias eletrônicas. O consumidor deve guardar as gravações. Junto a outras práticas abusivas podem levar o fornecedor à condenação por danos morais. Semelhante ao caso anterior, é mais uma tentativa de causar embaraço diante de amigos e parentes.
DÍVIDAS DE CONDOMÍNIOS
O caso não se aplica ao Código de Defesa do Consumidor, por não se tratar de uma relação de consumo. No entanto, os condôminos em atraso não podem ser constrangidos. É necessário fotografar os cartazes expostos, registrar o TCO e ingressar no Juizado Especial de Pequenas Causas pedindo dano moral.
CHEQUE SEM FUNDOS
Cheques sem fundos expostos em comércio é prática abusiva e configura constrangimento ilegal. É preciso fotografar o fato e registrar o TCO.
LIGAÇÃO DURANTE O SONO
A cena é um exemplo de prática abusiva e infração penal. É preciso juntar testemunhas, gravações de áudio e vídeo. É necessário registrar o TCO.
Fonte: O Dia Online, 25 de julho de 2010. Na base de dados do site www.endividado.com.br, por Alessandra Horto 

Lula fará na TV papel de apresentador de Dilma

Criador e padrinho da candidatura da petista Dilma Rousseff ao Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ser o personagem principal do primeiro programa de TV da ex-ministra. Num papel até agora pouco comum para ele - o de apresentador de TV -, Lula pretende mostrar Dilma ao eleitorado não só como a responsável pelas grandes obras de seu governo, previstas nos Programas de Aceleração do Crescimento (PACs) 1 e 2, mas também como a garantia de que nenhum programa social, como o Bolsa-Família e o Minha Casa, Minha Vida, será mudado caso ela seja eleita. E, se houver mudança, será para incluir mais gente nos programas.
A ideia, segundo os coordenadores da campanha de Dilma, é fazer um programa leve, com muita informação a respeito do governo de Lula e do que a candidata poderá fazer a mais do que o seu padrinho fez nos quase oito anos de governo. Sempre que Dilma aparecer, haverá ao lado uma bola com o Cruzeiro do Sul, num azul que, aos poucos, vai mudando de cor, até se tornar branco e, em seguida, verde-amarelo.
A exemplo do que fez nos programas da candidatura de Lula à reeleição, em 2006, João Santana pretende usar muitos efeitos especiais, com bastante didatismo. Sempre que fizer menção ao petróleo existente na camada do pré-sal, por exemplo, mostrará gráficos com a profundidade do óleo e a engenharia e a logística para retirá-lo. A intenção é atrair a curiosidade do telespectador. A propaganda eleitoral no rádio e na TV começa oficialmente no dia 17 de agosto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

24/07/2010

Geisy Arruda, ex-Uniban, vai participar de 'A Fazenda', diz jornal

Alçada ao posto de celebridade instantânea depois de ser perseguida em sua universidade, a paulista Uniban, Geisy Arruda, ao que parece, já não chama tanta atenção assim. De acordo com nota publicada na coluna Zapping, do jornal "Agora" deste sábado, 24, a loura não pode mais participar de qualquer atração da Record.
A ordem foi enviada a todas as produções da emissora por Mafran Dutra, presidente do comitê artístico da Record. Segundo a coluna, a circular causou estranhamento nos bastidores, já que Geisy até tentou arrumar um namorado em uma das atrações de lá.
Após o episódio Uniban, Geisy chegou a ser cotada para participar da terceira edição do reality "A Fazenda". Ela também se vestiu de Lady Gaga na Rede TV!. Ainda no embalo da fama repentina, ela lançou uma coleção de roupas inspirada no modelito curto que provocou toda a confusão nos corredores da faculdade.

Rua conhecida como Vila Ione tem um córrego a céu aberto


No "Conjunto Residencial" mais conhecido por Vila Ione, rua esta em que a prefeita Maria Ione Sobral passa todos os dias, está já há mais de 3 meses com um córrego, ou seja, uma vala de água que ninguem sabe se é de fossa ou outros dejetos, (o que se sabe é que fica um cheiro horrível e também pode criar o mosquito da dengue) passando por toda a rua.  É que frente a esssa rua tem um asfalto mas antes tem uma calçada que vai até esse asfalto. O córrego passa entre a calçada e o asfalto e toma conta da primeira casa a última já que se tem apenas 35 casas nesta rua. O problema ainda não teve uma inspeção do órgão competente que viesse tomar as devidas providências, mas que o governo municipal já sabe do problema porque já fora denunciado. O que está faltando é agilidade dos órgãos de saude, infraestrutura que dão assessoria a prefeita do munícípio. Vamos torcer que, como se trata de uma época política na qual a prefeita Ione Sobral sempre diz que aquele povo é seu filho, que ela vá lá tomar as devidas providência e com urgencia porque do jeito que está ninguem aguenta mais. Mesmo porque a rua tem o nome dela "Conjunto Residencial Maria Ione Macedo Sobral" - que eles chamam em época de política de Condomínio! Para nós que visualizamos a rua, ela nem é Conjunto por ser uma fileira de casas, nem é condomínio. Mas entendam como quiser, o que aquele povo pede é solução para esse e tantos outros problemas.

23/07/2010

Pressionar empregado a fazer hora extra é assedio moral

Mesmo com a jornada máxima de 44 horas semanais realizada de segunda a sexta-feira, um empregado de uma indústria era “convidado” a fazer trabalho extra em dois sábados por mês. Caso negasse, era questionado pelo líder e obrigado a apresentar justificativas. Devido a esta conduta e outros tipos de pressão – como restrição ao uso do banheiro -, a empresa foi condenada a indenizar o trabalhador em R$ 7 mil, por danos decorrentes de assédio moral. A decisão é da 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul (TRT-RS). Para o Relator do Acórdão, Desembargador José Felipe Ledur, “o empregador, ao exigir explicações de quem opta por não trabalhar aos sábados, constrange o empregado a prestar serviço suplementar, procedimento que extrapola a esfera do poder diretivo”. No entendimento do Magistrado, a empresa pode solicitar trabalho extraordinário, desde que efetivamente seja extraordinário, ou seja, não habitual – ao contrário do que foi comprovado no processo, no qual a empresa programava os sábados extras a cada mês. Da decisão cabe recurso. Diário de Notícias

A Lei Ficha Limpa legitima exigência de cidadãos

Mesmo os mais céticos com relação aos rumos da política brasileira — marcada por incontáveis casos de corrupção, vícios históricos, casuísmos e outras injustiças — curvaram-se à mobilização popular de que resultou a aprovação da Lei Complementar 135, a Lei da Ficha Limpa.
Ela é uma realidade, apesar dos intensos debates que sua efetiva aplicação está provocando no meio jurídico. O que também é absolutamente natural, se levarmos em conta que a lei foi aprovada em tempo recorde, às vésperas do prazo legal para o registro de candidaturas, impondo uma nova postura àqueles que almejam um mandato eletivo.
Se nem todos estão bem na foto, como de fato não estão, é porque algo estava errado. O registro desses erros é extenso, projetam práticas incrustadas ao longo dos anos, estimulando políticos a condutas intempestivas em períodos pré-eleitorais, muitas vezes, e escancaradamente, usando a máquina do Estado em favor de seus candidatos.
Práticas que transformam as milionárias verbas publicitárias em instrumento promocional e que, na ausência de qualquer outro mecanismo de transparência (como seria o financiamento público das campanhas), alimentam o famigerado “caixa dois”, os abusos do poder econômico e do poder político.
Isto não quer dizer, contudo, que se deva negar aos atingidos pela lei o sagrado direito de defesa. Como qualquer ciência, o Direito não comporta dogmas. O questionamento é tão vital à sua evolução como o oxigênio é para nós, seres humanos. O princípio da presunção de inocência, por exemplo, precisa ser respeitado, da mesma forma como não se pode confundir condições de elegibilidade com cassação de direitos políticos. Em outras palavras, quando o legislador estabelece como condição para o exercício do mandato eletivo a ausência de condenação judicial, isto não pode ser encarado como uma negação ao princípio da presunção da inocência do candidato, mas sim uma exigência para que aquele mandato que lhe foi outorgado pelos eleitores seja exercido por cidadãos, ou cidadãs, que nada devam à Justiça. Políticos de caras limpas, se assim preferirem. Mas o debate jurídico enseja inúmeras outras questões que provavelmente irão extrapolar a esfera do Tribunal Superior Eleitoral, e o Supremo Tribunal Federal terá de dar a palavra final. É o curso natural de uma transformação iniciada por cidadãos que generosamente inscreveram suas assinaturas, uma a uma, em folhas de papel espalhadas país afora. Um gesto aparentemente simples, mas com um potencial de enormes proporções, como se vê. O que nos leva ao próximo passo: a reforma política, cuja discussão deve envolver todos os segmentos da sociedade civil organizada para pressionar o Parlamento a colocá-la em pauta. Não se procura tirar legitimidade do Congresso, ao contrário, trata-se de oferecer elementos para que este cumpra a sua verdadeira missão de legislar em sintonia com os interesses da sociedade. Desta forma, estamos fortalecendo- o.
Pode-se dizer o que quiser dos políticos e da política, mas devemos reconhecer que nela repousam as esperanças de uma nação cujo caminho a trilhar é o da democracia. Democracia com ética, pois sem ética ela se esvazia num jogo de retórica que não traduz o seu significado. Já era tempo de retirar esse vergonhoso manto sob o qual se abrigavam políticos com graves antecedentes criminais, arrastando as instituições para o fosso do descrédito. Este é o espírito da Ficha Limpa, e foi ele quem inspirou uma mobilização que se inscreve como das mais brilhantes páginas dos anais de nossa história republicana contemporânea. Uma mudança de baixo para cima, que nos remete à essência democrática segundo a qual “todo o poder emana do povo”. Em um país habituado a duvidar de seu próprio arcabouço legal, ante a pitoresca realidade das leis que pegam e as que não pegam, era natural esse misto de incredulidade e expectativa no ar. Porém, decorrido pouco mais de um mês desde que entrou em vigor, não há mais o que discutir sobre a Ficha Limpa: pegou e veio para ficar.
Fonte: Diário de Notícias, por Ophir Cavalcante Júnior é presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Nova Lei pode facilitar divórcio, mas causa danos a família

Por Edson Baldoino Júnior
Antes, na lei anterior, existiam duas maneiras de se divorciar, sendo que na primeira, a separação se dava após um ano do casamento, e o divórcio após mais um ano, no mínimo. Já na segunda, após o prazo de dois anos da separação, era necessário reforçar o pedido com a presença de testemunhas. Para os casais com filhos menores de idade, a separação era feita apenas judicialmente, para resguardar os direitos dos menores. Este era o objetivo do constituinte ao criar o artigo 226 da Constituição Federal, em que defende que o Estado prestará especial proteção à família.
Esse tempo era, na verdade, um convite a reflexão, porque tinha como objetivo proteger o matrimônio e a família. Muitos casais decidem pela separação no auge de uma crise conjugal, e não percebem o impacto que tal decisão poderá causar aos filhos. Hoje, os pedidos podem ser feitos a qualquer momento, não há mais a obrigatoriedade de, no mínimo, 12 meses da separação judicial ou dois anos da separação de fato, muito menos da presença de testemunhas. Essas modificações autorizam a dissolução de um casamento sem empecilhos burocráticos, mas, por outro lado, facilita a tomada de decisões emotivas e impensadas.
Mesmo após entrar em vigor, alguns cartórios ainda não aderiram à nova lei que modifica as regras para pedido de divórcio. A explicação dada está baseada na espera por uma orientação feita pelo Tribunal de Justiça para que possam agir. Entretanto, de acordo com o TJ, essa mudança é bastante clara e não há necessidade de instruções complementares. A seção São Paulo do Colégio Notarial do Brasil (órgão de consulta) resolveu evitar recusas desnecessárias a pedidos de divórcio direto. Para que os cartórios sigam o texto da nova lei, a entidade deve concluir nos próximos dias um texto de orientação.
Edson Baldoino Júnior, advogado especializado em direito empresarial, é um dos consultores e sócio do escritório Baldoino Advogados Associados. Com sede própria há 30 anos em São Paulo, o escritório atua com assessoria jurídica para empresa, indústrias e profissionais liberais. Ao longo de sua história, a equipe atendeu clientes de diversas portes e segmentos da economia, acumulando expressiva bagagem técnica. Para saber mais sobre a atuação do advogado, acesse o site www.baldoinoadvogados.com.br. Retirado do Diário de Notícias

22/07/2010

Cursos gratuitos, inscriçoes até amanhã, 23/07

O setor do Turismo que fica lotado no Centro de Tradições - próximo a rodoviária em Laranjeiras - SE, abriu inscrições para os cursos de Inglês e Camareira. Segundo Almir Aragão, diretor do local, as incrições vão até amanhã no horário comercial. Os interessados deverão procurar a Associação do Machado e o próprio Centro de Tradições e fazer sua inscrição. O curso é gratuito e é promovido pelo Senac. Os documentos necessários são: Xerox da Indentidade, CPF e Comprovante de Residência.

Record faz entrevista com o presidente Lula e ele chora ao ser perguntado sobre o seu governo


Ontem, 21, o Jornal da Record entrevistou o presidente Luis Inácio Lula da Silva sobre sua plataforma de governo, economia e até mesmo sobre o esporte. Na economia ironizou o governo FHC quando deixou 15 bilhoes para créditos e no governo dele até somamam-se trilhões, mas também elogiou o sistema de moeda aplicado por FHC a chamada URV onde se deu o Plano Real. Lula disse que nunca se viu investir tanto pelos menos favorecido citando que agora tem dinheiro até para o catador de papel.
Veja em um trecho o que ele diz ao fazer uma avaliação dos seu 8 anos de mandato:
- Só vou descobrir que não fiz muitas coisas depois algum tempo. Vai levar um tempo. [...] Tenho ficado mais emocionado porque as coisas estão acontecendo. É como se você tivesse ficado o tempo todo com gente olhando a sua roça e falando “não vai dar nada, não vai plantar”. E de repente, a planta brota, cresce e eu estou colhendo.
Nesse momento ele começou a chorar acreditando que o catador de papel teve melhorias e tantas outras pessoas pobres.
Ao ser chamado de “sortudo” ele diz: - Primeiro, eu duvido que tenha uma empresa jornalística que contrate uma entrevistadora que não tenha sorte. Duvido que tenha um time que contrate um goleiro que não tenha sorte. Então o país precisa de um presidente que tenha sorte. Mas para ter sorte, é preciso fazer acontecer. Todo mundo fez um pouco nesse pais.
Ele falou que simplesmente o que aconteceu foi questão de sorte para todo brasileiro ou seja, todo mundo ganhou.
Lula foi multado por ter feito propaganda eleitoral para a sua candidata em inaugurações e etc, mas se defendeu.

No esporte defendeu Filipão, por ser seu favorito e menosprezou o dunga ao dizer que ele não é líder em outras palavras não se ter autoridade, simpatia e etc para comandar a seleção brasileira, mas reforçou o Filipão como tendo todas essas carcterísticas. Em suas palavras veja o que ele diz:
- Eu votaria no Felipão. O técnico que for chamado agora, ele não vai convocar, ele vai formar a seleção, é diferente, tem que ser menos mandão e mais líder. Porque é diferente, o cara "mandão" é o cara que você tem medo, o líder é o cara que você respeita. Então eu acho que o Felipão ficaria bem, disse Lula.
Nossa matéria é um resumo da entrevista do presidente da República junto ao Jornal da Record e que expomos aqui também nossa visão sobre o assunto.

21/07/2010

Laranjeiras e os candidatos numerando os eleitores

A cidade de Laranjeiras, segundo IBGE de 2007 tinha uma população de 23923 habitantes. Praticamente hoje deve está muito mais. O que se sabe é que políticos andam doidos por aí em busca de votos acreditando que esse número citado seja dos eleitores. Famintos por votos estão prometendo o mundo e fundo para ganhar o voto, depois disso sumirão.
Andam por Laranjeiras os candidatos Adelson Barreto, Conceição Vieira. Laércio Oliveira.
Paulinho Filho e Alexandre Sobral vão para deputado estadual e Dr. Ricardo para Federal. Dr. Ricardo é um bom médico, comenta muita gente; mas é que ele em todas as eleições aparece como candidato. Também se candidatou Empadinha, o Carlos Hagenbeck – dizem por aí que essa família estava em guerra, agora olha eles ai: um para estadual, outro para federal. Na próxima postagem colocaremos mais nomes.

Número de brasileiros aptos a votar em 2010 aumenta quase 10 milhões em relação a 2006

Mas o balanço divulgado pelo TSE mostra uma redução nos jovens de 16 e 17 anos que se inscreveram para votar.

O número de brasileiros aptos a votar este ano aumentou em quase 10 milhões em relação a última eleição presidencial. Mas o balanço divulgado nesta terça-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral mostra uma redução nos jovens de 16 e 17 anos que se inscreveram para votar.
Na conta do TSE, o Brasil está cada vez mais feminino. Que elas eram em maior número, já se sabia, mas agora, a diferença quadruplicou. As mulheres são 51,8% do eleitorado. Só em Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima é que os homens são maioria.
O número de eleitores cresceu 7,8% desde a última eleição presidencial, em 2006. Ao todo, 135.804.433 brasileiros estão aptos a votar este ano. Mais da metade não tem o primeiro grau completo.
O levantamento do TSE mostra também que aquele grupo de jovens entre 16 e 17 anos, que se inscreveu para votar, para quem o voto é facultativo, encolheu 18%. Em 2008, eram 2.923.000 eleitores. Agora, caiu para 2.391.000.
Para o cientista político Ricardo Caldas, o voto espontâneo depende de motivação. “A política deixou de ter aquele caráter revolucionário, de novidade” explicou. As informações estão na página do g1.globo.com

Cartórios de Sergipe devem realizar concurso público

A determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é para que 5.561 cartórios do país realizem concurso
Por determinação da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), 5.561 cartórios extrajudiciais, dos 14.964 de todo o país, devem realizar concurso público para titulares e que aqueles que estão provisoriamente à frente dos cartórios não podem mais receber acima do teto salarial do serviço público estadual [atualmente de 24 mil 117,62]. Todo o resultado financeiro que ultrapassar esse valor [alguns interinos respondem há anos pelos cartórios vagos e possuem rendimento mensal superior a R$ 5 milhões] deve ser recolhido aos cofres públicos. Dos 127 cartórios de Sergipe, 34 vão ter que realizar concurso.
Segundo a presidente da Associação dos Notários e Registradores de Sergipe (Anoreg), Estelita Nunes de Oliveira,
todos os cartórios que deverão abrir concurso, são localizados no interior. “A gente sempre lutou desde há muito tempo pelo concurso público, por se tratar de um meio mais democrático e constitucional”, entende.
Ela disse, no entanto, que em Sergipe, existem alguns problemas a serem solucionados. “Nós temos cartórios em cidades pequenas que são muito atrativos para o bacharel em Direito assumir. Grande parte deles foi submetida a concursos, mas os aprovados vieram de outros estados e foram embora, deixando os cartórios por não terem como sobreviver. Quando abre um concurso é para o país inteiro. Vem gente do Amazonas até o Rio Grande do Sul”, explica.

Dentro dos fóruns
Estelita Nunes informou ainda que, como não tiveram condições de continuar, funcionam com interinos. “Muitos abrindo uma vez por semana, o que piorou para a população. Temos ainda muitos cartórios funcionando dentro dos fóruns com a permissão do Tribunal de Justiça, por não terem condições de ter uma sede. É que tudo o que se paga é do que entra e o nosso estado é pobre. A grande maioria dos ofícios únicos do interior, mal sobrevive”, lamenta.
A presidente da Anoreg acrescentou que esses problemas podem ser resolvidos. “A gente continua apostando no concurso. Passamos de 1992 até 2006 sem concurso. Entendo que esses problemas são coisas de ajustes”, conclui Estelita Nunes.

Irregulares
Entre as principais irregularidades encontradas pela Corregedoria do CNJ após análises, estão cartórios extrajudiciais providos por permuta entre familiares. Em muitos casos, o membro mais velho de uma família era titular de cartório com rendimento bastante elevado e estava à beira da aposentadoria.
O membro mais novo, por sua vez, prestava concurso para um pequeno cartório, com renda mínima, e poucos meses depois permutava com aquele que estava prestes a se aposentar.
Com a decisão, os Tribunais de Justiça terão até seis meses para realizar os concursos públicos necessários para o regular preenchimento da vagas. E quem não cumprir essa determinação poderá responder por improbidade administrativa.
Fonte: Infonet/Por Aldaci de Souza

20/07/2010

Coração Partido


O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, foi o responsável por uma saia justa protagonizada nesta segunda-feira pelo senador tucano Álvaro Dias.
Durante entrevista coletiva realizada no comitê do PSDB no centro de São Paulo - que teve o claro objetivo de apagar o incêndio provocado pelas declarações de Indio da Costa - Guerra rasgou elogios ao vice na chapa de José Serra. Na tentativa de enaltecer as supostas qualidades de Indio da Costa, Sérgio Guerra lançou mão de mais de uma dezena de adjetivos. Não parecia se importar com o fato de que Álvaro Dias ouvia tudo sentado ao seu lado, ocupando a mesma bancada.
É que o nome do senador chegou a ser confirmado no Twitter como sendo o vice de Serra, fato que desencadeou uma guerra entre Democratas e Tucanos. O conflito só foi apaziguado com a indicação goela abaixo de Indio da Costa.
Enquanto Sérgio Guerra não economizava nas palavras de louvor a Indio da Costa, que incluíram adjetivos como "melhor e mais competente", " ideal" e "mais preparado" , Álvaro Dias mordia os lábios e lutava para tentar esconder o seu constrangimento e frustração. Deixou o local com lábios e coração partidos. Veja mais no Blog do Yahoo.

19/07/2010

Vamos lá... "é só correr para o abraço" e tá tudo certo!

Os eleitores de Laranjeiras andam se perguntando uns aos outros sobre o abraço prometido na música da campanha da candidata Ione Sobral(PTB). Como prefeita, no início da administração sua principal meta foi demitir centenas de pessoas e olha que até os dela estavam no meio. Foi demissão pra lá, demissão pra cá e a culpa era da justiça, diziam, e com isso muitos moradores de Laranjeiras até mesmo seus cabos eleitorais que estavam trabalhando na Prefeitura foram demitidos. “E só correr para o abraço”, assim dizia a música de sua campanha. Quando ela ganhou a eleição quem deu o abraço? Ninguém sabe... O povo calou-se como se estivesse dizendo: “me arrependi”.

Em pleno clima de uma outra campanha, agora para deputado e governo a prefeita lança como candidato seu filho mais novo para deputado. Quem vai dar o abraço agora? Será que tem abraço? Lamentavelmente é o povo que não foi dá o abraço, mas a prefeita está esperando todos até hoje de braços abertos.

Provavelmente seus candidatos sejam: Dilma Rousseff (PT) – para a presidência da República, Albano Franco (PSDB) – para o Senado, Rogério Carvalho (PMDB), para deputado federal – este não confirmado ainda, e claro, seu filho Alexandre Sobral (PSB), para deputado estadual. Agora “é só correr para o abraço” e tchau depois.

Quem está no SPC/SERASA poderá ficar somente 3 anos

Gisele Moura dos Santos estava no SPC/SERASA há mais de 4 anos. Foi fazer uma compra, e como todas as pessoas que estão no SPC, foi barrada. Constrangida do fato procurou um advogado e entrou com o pedido de Idenização por Danos Morais contra a Finivest S/A Administradora de Cartões de Créditos.
O problema é que ela estava no SPC há mais de 4 anos e pela regra do Código do Consumidor é de 5 anos então neste caso a Financeira estava certa. Mas existe um artigo no Novo Código Civil que cita 3 anos e daí a briga da pessoa para receber a idenização por danos morais. Ela acabou conseguindo pelo julgamento na Sessão do dia 14/07/2010 através dos desembargadores da 5ª Vara Cível de Jacarepaguá no Rio de Janeiro. Foi unânime a decisão.
Neste caso, todos que tiverem problemas deste tipo, ou há mais de 4 anos estiverem no SPC/SERASA deverão recorrer a Justiça para que seus nomes sejam retirados e possam habitualmente serem aceitos no comércio.
Fonte: TJRJ. Processo: 0011679-53.2009.8.19.020.

Nova eleição para Riachão do Dantas

Aconteceu dia 18, domingo, as eleições para novo prefeito de Riachão do Dantas. É que o prefeito foi cassado e havia a necessidade de uma nova eleição. Nesse sentido e diante de dois candidatos: Ivan Macedo do PTdoB e Pedro da Lagoa do PSL/PSDB.
A eleição foi tranqüila e o resultado mostrou a participação maciça dos eleitores que deram 6.670 votos para Ivan e 5.278 votos para Pedro. A abstenção girou em torno de um pouco mais de 20% equivalendo assim 207 votos brancos e 535 votos nulos.
Com esse resultado o novo prefeito eleito para até 2012 é Ivan Macedo – que foi canldidato do prefeito cassado.
Comentam-se que em Laranjeiras a prefeita Ione também será cassada podendo assumir a vaga provisoriamente a vereadora presidente da Câmara Municipal Brasilina Borges devendo haver novas eleições. Essa possibilidade é comentada desde o ínicio do ano passado!

17/07/2010

Vereadores de Laranjeiras serão alvo de crítica pelo Folha da Cidade


A partir da hoje, o Folha da Cidade estará de olho nos vereadores de Laranjeiras. Comumente, sabe-se pouco deles mas iremos fazer uma busca do que fazem ou mesmo deixam de fazer para anunciar, denunciar e até mesmo criticar a forma de trabalho desenvolvido pelos mesmos. Normalmente o que se sabe é que há uma descrença popular quando se fala nos vereadores de Laranjeiras. O editor dessa página estava conversando com um ex-vereador e foi chegando outras pessoas que logo disseram: "ninguem acredita mais na Câmara...". E foi mais adiante, só que preferimos dá um basta na conversa porque essa pessoa ia longe. É assim que vemos no dia-a-dia do nosso povo laranjeirense: Insatisfação e muita reclamação dos nossos legisladores e do poder executivo. Mas por meio deste, estaremos dando uma chanche para que os mesmos nos mostrem a plataforma de atuação e interesse em trabalhar para seu povo. Quando falamos em descrença é porque não lutam pelos interesses da população e ficam a mercê dos governos municipais que pela prefeitura já passaram ou estão. É importante dizer que tem vereador com mais de 4 mandatos e ao mesmo tempo fazer a pergunta: o que fizeram para a transformação cultural e social do seu povo? Quais são seus projetos feitos até os dias de hoje? A população não sabe o que fazem seus vereadores!
A foto que mostramos é de um vereador de Laranjeiras e nas próximas edições do Folha da Cidade mostraremos em forma de desenho ou caricatura os demais.

Laranjeiras leva 0,7 em avaliação da educação

Essa é a prova legítima da falta de compromisso da administração munici¬pal de Laranjeiras com a educação dos nossos jovens, que representam um futu¬ro melhor. Laranjeiras recebeu 0,7 (zero vírgula sete), menos de 1 (um) ponto na avaliação feita pelo SINTESE, quando os professores tiveram a oportunidade de ostentar a sua insatisfação pela forma em que a educação tem sido tratada no município.
Laranjeiras possui uma das cinco maiores arrecadações do Estado de Ser¬gipe. Mesmo com a crise de 2009, con¬tinuou sendo uma potência no Estado, o que vimos no final dos anos foi os profis¬sionais da Educação que foram, obriga¬dos pela circunstância, a fazer essa ava¬liação sobre o município de Laranjeiras, dando essa nota vergonhosa.
A avaliação do SINTESE é feita em todo o Estado de Sergipe, onde a maior nota foi para a cidade de Carmópolis, com 7,4. Já a nossa vizinha eco-irmã Riachuelo obteve uma nota 6,0. Então como justificar que Laranjeiras esteja entre as dez piores cidades do estado. Cabe a cada cidadão cobrar da prefeita Ione Sobral atitudes administrativas que venham beneficiar os nossos estudantes, começando por pagar salários dignos aos professores que estão revoltados pela forma de tratamento que os mesmos vêm recebendo da atual administração. Acor¬da Laranjeiras... reage.
Fonte: Folha do Salu, ed. 219

16/07/2010

Senado da Argentina aprova bem apertado o casamento de pessoas do mesmo sexo!

Como a onda está pegando, casamento de pessoas do mesmo sexo já não é mais novidades para ninguem. É que em alguns países isso já é possível acontecer, mas na maioria dos países a coisa é diferente. Como a Argentina já vinha desenvolvendo essa possiblidade há vários anos, se deu ontem a aprovação pelo senado do casamento de pessoas do mesmo sexo. Na verdade foi uma votação apertada onde dos 60 votantes 33 votaram a favor e 27 contra. Ou seja, por 6 votos o casamento de pessoas do mesmo sexo na Argentina agora já é possível. Enquanto isso a Igreja Católica impressiona e combate esse sistema de casamento. Só não sabemos o que vai acontecer agora e quem celebrará um casamento ou se é apenas de natureza civil e não religiosa. O que está em jogo também é que os futuros casais dos mesmos sexo vão poder adotar crianças e isso é que implicará no futuro delas por que acredtiam muitos que as crinças quando maiores acharão isso normal e farao o mesmo que "seus páis" fizeram. Que mundo é esse em gente!!!! 

Brasileiros são os que mais tomam banho

A Rede Globo mostrou hoje pela manhã uma pesquisa que fora feito em relação a banhos que os brasileiros tomam. Segundo a pesquisa o Brasil está em 1º lugar em tomar banho. É que os brasileiros tomam banho tres vezes ao dia e em alguns outros países isso acontece tres vezes por semana. Enquanto isso outros países lavam as mãos mais que os brasileiros. Neste caso estamos em 5º lugar.
Hora, se tomamos tanto banho assim por que não lavarmos as mãos tanto também? É interessante a pesquisa justamente porque mostra que tomamos muito banho mas não lavamos as mãos antes de comer, ir ao banheiro e etc... Muitas pessoas pegam em dinheiro, muitas pessoas pegam em papéis dos arquivos e esquecem que têm que lavar as mãos antes de passar nos olhos, comer e etc. Daí a pesquisa ser interessante. Banho tomamos demais. Lavar as mãos fazemos de menos!

15/07/2010

Dia do Super..... Homem, não... Hoje é dia do Homem

Como todos os dias, agora também terá o dia dos homens. Mas o que é isso? É bom? É! Com certeza, a mulher, a mãe, os pais e tantos outros não tem seus dias, por que o homem também não pode ter o seu?
Nós do Folha da Cidade queremos lhe parabenizar por esse dia, o dia dos homens

Mas será que essa onda vai pegar?

(...) "Criança, mulher, idoso... todo mundo tem seu dia. Só faltavam eles. Mas não se acredita que a data, criada sem base em nenhum critério, vai se firmar

Talvez os mais esquecidos não consigam lembrar da data exata, mas todo mundo sabe que existe o Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março. O que pouquíssima gente sabe é que existe também um Dia Internacional do Homem, que seria celebrado hoje, dia 15 de julho. Mas por que nesse dia? Ao contrário da data feminina, originada a partir de um movimento histórico liderado por mulheres pela redução da jornada de trabalho, em 1857, o Dia Internacional do Homem não tem uma origem conhecida. Algumas datas teriam sido sugeridas e a que acabou “pegando” foi essa.

Há quem duvide que a data realmente se firme. O laboratorista Eli de Paula considera que a idéia até é interessante. “Tem dia pra todo mundo, tem dia das crianças, da mulher, do idoso, é justo que tenha um dia do homem, mas acho que o dia da mulheres ainda vai continuar sendo o mais forte”, opina.

Para a cuidadora Cristiane Roque dos Santos, a notícia da existência da data foi uma surpresa. “Com base no quê? Acho que só pode ser inveja isso”, brinca. Para ela, o dia da mulher é importante pelo valor histórico. “Apenas criar uma data igual para os homens seria algo sem fundamento. Mas não sei, talvez para eles seja importante”, reflete.

É por aí mesmo. Segundo o terapeuta Sérgio Savian, que atua como consultor de relacionamentos, os homens estão enfrentando um momento de busca por identidade. “Os homens estão hoje com a personalidade enfraquecida, estão sem referência”, argumenta. Para ele, o dia deveria ser aproveitado como oportunidade para uma discussão ampla sobre os aspectos da masculinidade na sociedade. “As mulheres não estão satisfeitas com o homem atual”, aponta.

Savian acredita que existem três tipos de homem: os machistas, os não-machitas e os acuados. Os machistas em geral são homens mais velhos ou que tiveram uma educação baseada em valores machistas. “Isso pode ser culpa das próprias mulheres que criam seus filhos cheios de regalias, mal-acostumados”, defende. Outro tipo são os homens que se sentem acovardados diante de mulheres independentes. “Eles ficam sem atitude, são eternos adolescentes, têm medo de compromisso”. E por fim existem os homens que não são machistas, mas que ainda são a minoria. “Aqueles que colaboram nas tarefas da casa, que têm uma relação igualitária com as mulheres”, explica. Segundo ele, filhos criados apenas pela mãe, em geral, têm esse tipo de personalidade. “Eles têm uma boa imagem das mulheres, sabem respeitar, são mais sensíveis e entendem melhor o ponto de vista feminino”, completa.

Para o terapeuta, a criação de uma data para exaltar os homens não tem cunho machista. “Hoje não há mais espaço para pensamentos machistas, que são vistos como algo politicamente incorreto. O fundamental é entender que não há superioridade ou inferioridade, não se trata de defender um posicionamento machista ou fe-minista, somos todos humanos”, afirma. Ele admite, no entanto, que o Dia Internacional da Mulher vai continuar sendo mais forte, por ter toda uma conotação histórica e por ter marcado uma reação feminina em relação à opressão.

Sem comparação

Para a professora e pesquisadora do Núcleo de Pesquisa e Estudo do Gênero da Universidade Federal do Paraná, Marlene Tamanini, não há como comparar as duas datas. “Não é a mesma dinâmica. O movimento feminista tinha uma série de propostas de promoção do desenvolvimento, emacipação e inserção da mulher na sociedade. Já os homens sempre estiveram em uma posição privilegiada. Acho que só faria sentido se fosse um movimento de inversão ao modo feminino. Que os homens estivessem reivindicando a posição de procriador, de cuidador, se estivessem querendo entrar no universo feminino. E isso não está acontecendo”, analisa. Para ela, a criação da data pode ser encarada como um movimento de rechaço à organização das mulheres, uma necessidade de demarcação da identidade masculina. “Como se os homens instigassem a si mesmos a se auto-compreender”, diz.
O assunto divide opiniões e se a data vai realmente “pegar”, não se sabe. Pode ser que com o tempo o comércio adote o Dia Internacional do Homem como mais um motivo para trocar presentes. Mas uma coisa é certa: se a criação vingasse as mulheres não teriam mais que aguentar aquela velha piadinha de que todo dia é dia do homem. “É justo que os homens tenham uma data só para eles. Se a gente tem um dia só, eles deveriam ter um só também”, defende a professora Luciane Souza." Fonte: Gazeta do Povo.

Brasil gerou recorde de 1,47 milhão de novos empregos em primeiro semestre

Rio de Janeiro, 15 jul (EFE).- O Brasil gerou no primeiro semestre do ano 1,47 milhão de novos empregos formais, um recorde para o período e um número quase cinco vezes superior aos 299,5 mil dos seis primeiros meses de 2009, informou hoje o Ministério do Trabalho.

Trata-se do maior número de empregos formais criados no país em um primeiro semestre desde 2008, quando o número ascendeu a 1,36 milhão, conforme os números divulgados hoje pelo Ministério.
A geração de emprego no Brasil estava subindo gradualmente desde 2006, mas esse ciclo se interrompeu em 2009 em consequência da crise mundial.
No ano passado, apesar da crise, o país gerou 995,11 mil empregos formais, o pior saldo desde 2003.
A estatística se refere só aos empregos com contrato assinado e garantias sociais, por isso que é independente do índice de desemprego oficial, que inclui aos trabalhadores irregulares.
Segundo o Ministério do Trabalho, com os 1.473.320 empregos gerados nos primeiros seis meses deste ano, o número de postos de trabalho formais no Brasil no final de junho era em 4,43% superior ao de finais de dezembro de 2009.
Nos 12 meses entre julho de 2009 e junho de 2010, o Brasil gerou 2,17 milhões de novos empregos formais.
Na entrevista coletiva na qual anunciou os números, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, reafirmou sua previsão de que o Brasil gerará neste ano recorde de 2,5 milhões de novos postos de trabalho.
Se confirmada a previsão, o resultado seria praticamente igual à soma dos dois últimos anos (2,44 milhões de empregos) e superará em 50% o recorde de 2007 (1,62 milhão).
Lupi atribuiu o bom resultado do primeiro semestre ao forte crescimento da economia impulsionado principalmente pela expansão da produção industrial e o aumento do consumo interno.
A economia brasileira, que cresceu 9% no primeiro trimestre, pode fechar o ano com uma expansão acima de 7%, pelas últimas previsões do Governo.
O setor que mais empregos gerou entre janeiro e junho foi o de serviços (490.028 postos), seguido pelos da indústria da transformação (394.148), a construção civil (230.019) e o comércio (144.135).
O aumento do emprego formal ajudou a reduzir a taxa oficial de desemprego em até 7,5% em maio, o menor índice para o mês nos últimos nove anos. EFE
Fonte: Yahoo Notícias/Economia

Partido de Marina Silva do PV bate récord em número de candidatos

PV tem maior número de candidatos em 2010; PMDB é segundo

Levantamento do iG feito nos registros de candidaturas do TSE mostra que o partido de Marina Silva contará com 1232 candidatos

O PV é o partido político com maior número de candidatos no País nas eleições deste ano. São 1232 postulantes a cargos de presidente, vice-presidente, governador, vice-governador, senador, 1º e 2º suplentes de senador, deputado federal e estadual. Os dados estão registrados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e foram computados pela reportagem do iG.
Depois do PV, o segundo partido com maior número de candidatos é o PMDB. Atualmente dono das maiores bancadas na Câmara e no Senado, a legenda contará com 1199. A conta inclui o deputado federal Michel Temer (SP), candidato a vice na chapa da presidenciável Dilma Rousseff (PT). Em terceiro lugar, aparece o PT com 1199 concorrentes.
Em relação a 2006, o crescimento do número de candidatos verdes foi de 20%. Há quatro anos, 993 filiados ao PV disputaram a eleição. Apenas três concorreram a governos estaduais _este ano são 10. No entanto, apenas 47 candidatos verdes conseguiram se eleger. Entre eles, apenas deputados federais (13) e estaduais (28). Em votos de legenda, o PV conquistou 2,2 milhões de votos.
A candidatura da senadora Marina Silva (PV) à Presidência da República é o principal motivo para o aumento do número de candidatos verdes em 2010. Ela não fez coligações e tem como vice Guilherme Leal, empresário que se filiou ao partido no ano passado da senadora.
“Estamos buscando um crescimento. Mas esse número, de certo modo, nos surpreende”, afirma Alfredo Sirkis. “É importante ter uma quantidade expressiva de candidatos, já que não fizemos coligações para lançar a Marina presidente”, completou.
Para o filósofo Roberto Romano, da Universidade de Campinas, o crescimento do PV já vinha sendo observador. “Atraiu muita gente porque esse partido herdou as bandeiras do antigo PMDB, do PSDB e até os insatisfeitos do PT”, disse.
Segundo Romano, o efeito sobre Marina foi o contrário. “Ela até hesitou em disputar a se filiar quando viu que o PV tinha muitas correntes diferentes”, disse Romano. “Ela acabou ajudando o partido, pois tem um histórico favorável no que se refere à ética na política”, completou.
Ranking de candidatos

1 - PV 1232
2 - PMDB 1199
3 - PT 1126
4 - PDT 1041
5 - PSB 1022
6 - PSDB 1014
7 - PTB 915
8 - PSOL 885
9 - PTC 830
10 - PP 818
11 - PCdoB 809
12 - DEM 775
13 - PSL 749
14 - PPS 746
15 - PR 694
16 - PMN 637
17 - PRP 589
18 - PTN 585
19 - PSC 582
20 - PRTB 581
21 - PTdoB 573
22 - PRB 542
23 - PHS 526
24 -  PSDC 368
25 - PSTU 235
26 - PCB 150
27 - PCO 41
Fonte: (IG) Ultimo Segundo/Eleições

14/07/2010

Laranjeiras uma Cidade rica financeiramente, mas pobre administrativamente

Laranjeiras é uma cidade histórica de nome e renome nacional. Ela foi administrada desde sua existencia por empreendendores rurais donos de canaviais. Por ela passaram os principais líderes dos últimos dias a exemplo de Antônio Carlos Franco, João da Varzinhas, José Monteiro Sobral, Paulinho da Varzinhas e por fim, por Ione Sobral. Todos moradores e donos das Usina São José do Pinheiro, Fazenda Varzinhas e Fazenda Boa Sorte. Até parece que Laranjeiras está voltada para as fazendas. Atualmente o nome da Administração Municipal gira em torno do Laranjeiras da Gente, mas só se vê secretários de Aracaju e outros lugares. A cidade foi tomada por pessoas que desconhecem sua verdadeira história e pro conta disso, abandonada por seus administradores. Não estamos falando somente da Prefeita Maria Ione Sobral, mas sim de toda conjuntura administrativa.
O paulinho da Varzinhas quando prefeito, não administrava. Os outros eram os que administravam por ele e, como passava por diversos problemas sob suspeita de que perderia o mandato, tratou-se logo de lançar seu filho candidato a deputado e elegê-lo. E isso aconteceu. Paulinho Filho hoje é deputado, mas que pena, esqueceu de Laranjeiras. Se empolgou... vamos dizer assim: subiu pra cabeça e agora está de volta para pegar os votos dos pobres coitados que são os eleitores. Agora vem Ione Sobral, atual prefeita lança seu filho para deputado talvez, não sabemos, imitando o que o anterior fez quando elegeu Paulinho Filho. É que ela sabe que as coisas não andam boas politicamente e assim, prefere sair do poder deixando seu filho deputado (assim como Paulhinho fez). Mas será que o povo vai votar em seu filho sabendo do desgaste da administração Laranjeiras da Gente? Bom, é importante saber que as fotos não mentem e todas as fotos que mostramos agora tratam-se de uma administração que não se preocupa com sua cidade, por isso que é "Laranjeiras da Gente" de Aracaju e de tantos outros lugares, menos para os da terra.

As imagens foram tiradas por pessoas revoltadas com o descaso público a exemplo de Laurencio - que estuda direito, e Ediclan - grande parceiros para que o município venha a ter desenvolvimento. Todos ficam tristes ao ver que seus sonhos andaram para tráz e o passado que falava num futuro dígno "partindo para um abraço" está sendo um dos piores governos da nossa cidade. Aliás, na campanha "era partir para o abraço", depois da campanha foi só demissão e afastamento. De parabens o povo que votou na candidata e de parabéns a administração pública municipal de Laranjeiras.

13/07/2010

Polícia leva primo de Bruno do Rio para Minas Gerais


O adolescente de 17 anos, primo do goleiro do Flamengo Bruno Fernandes Souza, deixou o Centro de Triagem no Rio de Janeiro, na tarde desta terça-feira, e segue escoltado por policiais para Minas Gerais. O jovem é um apontado pela polícia como um dos envolvidos no suposto sequestro e morte de Eliza Samudio, de 25 anos, ex-amante do goleiro.
Segundo a Polícia Civil, a chegada do adolescente à capital mineira está prevista para o final desta tarde. A transferência do menor para Minas foi autorizada ontem, pela 2ª Vara de Infância e Juventude do Rio de Janeiro.
Para avançar na investigação, a polícia pretende promover uma acareação entre os primos de Bruno, para esclarecer divergências nas versões apresentadas nos depoimentos dos dois. Um é o adolescente de 17 anos cujo nome não é divulgado, e o outro é Sérgio Rosa Sales, que também pode estar envolvido. A matéria está disponível no Agencia Estado - Yahoo Notícias.


Observando o "bonitão" agora podemos dizer que ele é um forte candidato para goleiro dos presidiários

Há um comentário de que o Bruno agora é um forte candidato para reforçar o time dos presidiários. É que todos já sabem que o caminho do mesmo é uma sentença que será aplicada rumo ao Presídio. Dessa forma os jogadores dos presidios já pensam em contratá-lo para assumir a vaga deixada pelo goleiro que acabou de ser solto através de um alvará de soltura expedido pela justiça. Como Bruno vai direto para o presídio então ele é um forte candidato para assumir essa vaga e fazer sucesso por lá, já que não teve fora. Sua numeração já diz tudo: 326944 ou seja, Penintenciaria...