NO DIA 30 DE SETEMBRO ACONTECERÁ UMA FESTA EM HOMENAGEM A TODOS OS PASTORES DE LARANJEIRAS. PARTICIPE!!!

19/05/2016

Temer quer enviar revisão de meta fiscal com rombo de cerca de R$ 150 bi

Em reunião com líderes do Senado, o presidente interino Michel Temer disse que pretende enviar na segunda-feira (23) proposta de revisão da meta fiscal com elevação do deficit de R$ 96 bilhões para cerca de R$ 150 bilhões.

O acordo definido na terça-feira (17) entre o peemedebista e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), é que seja convocada uma sessão congressual na próxima terça-feira (24), já que o prazo para votar a revisão da meta termina no domingo (29).

"Se não aprovar, daqui a pouco quem estará cometendo pedalada fiscal sou eu", disse Temer segundo senadores presentes ao encontro.

Na reunião, o presidente interino também pediu celeridade na aprovação de medidas econômicas e fez críticas a iniciativas de última hora da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) que, segundo ele, tiveram impacto no orçamento nacional.

Uma das reclamações feitas foi em relação à concessão de 11 mil moradias do Minha Casa, Minha Vida, que foi suspensa na terça-feira (17) pelo ministro Bruno Araújo (Cidades).

"Ele tem feito um inventário dessa herança maldita para em breve apresentar de forma detalhada ao Brasil e denunciar boicotes que foram praticados antes da saída de Dilma Rousseff", disse o líder do PSDB no Senado Federal, Cássio Cunha Lima (PB).

De acordo com o senador, Temer pediu a assessores que entrem em contato com o ministro para que ele explique ao país que apenas suspendeu os repasses para checar a viabilidade de mantê-los e não que os cancelou sem análise.

Segundo o tucano, Temer evitou falar em proposta de recriação da CPMF e pediu empenho na prorrogação da DRU (Desvinculação de Receitas da União). A ideia da base aliada é votá-la ainda nesta quarta-feira (18).

O presidente interino acertou também rapidez na tramitação da emenda constitucional, que será enviada pelo Palácio do Planalto, que confere foro privilegiado ao novo presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.

"Antes de qualquer medida, é necessário ter a percepção real do rombo nas contas públicas", disse Cunha Lima.

No encontro, Temer disse aos senadores que pretende realizar reuniões constantes com eles para tratar das medidas que serão enviadas pelo Executivo ao Legislativo antes que elas de fato sejam apresentadas. A ideia é amadurecer as propostas antes mesmo que elas cheguem para a discussão no Congresso, para evitar desgastes com os parlamentares.

O presidente interino comentou com os parlamentares que, ao ler o noticiário do fim de semana, "teve a sensação de que já é presidente há um ano e meio, tamanha a cobrança dos jornais". Ele afirmou ainda que as medidas duras que podem levar a uma "impopularidade momentânea" podem resultar "em uma popularidade definitiva".

CML: Vereadores ouvem explanação do Sintese em Laranjeiras

Durante a sessão os vereadores aprovaram projeto de Lei do executivo, que reajusta salários d magistério em 11%.
Em espaço cedido aos professores laranjeirenses, na Câmara Municipal de Vereadores, os representantes do legislativo municipal ouviram atentamente as reivindicações da categoria, através da explanação realizada pelo representante do SINTESE, Wilson Hora, quanto à garantia de direitos que, supostamente, não está sendo atendida pela Prefeitura da cidade.
Ainda na sessão desta terça-feira, os vereadores aprovaram por unanimidade, o Projeto de Lei nº 79/2016, de autoria do Executivo, que dispõe sobre o reajuste do Piso Salarial dos Profissionais do Magistério, retroativo ao mês de janeiro deste ano. Tanto a cessão do espaço para a explanação quanto à aprovação do piso pelos vereadores deixou a categoria satisfeita, que aplaudiu a iniciativa dos representantes do legislativo municipal nas galerias da casa legislativa.

PML: Reforma da UBS José Muniz Barreto é retomada em Laranjeiras

A Prefeitura de Laranjeiras retomou nesta semana, a reforma da Unidade Básica de Saúde José Muniz Barreto. Trata-se de um investimento de cerca de R$ 100 mil. 
A Prefeitura de Laranjeiras retomou nesta terça-feira, 17, a reforma da Unidade Básica de Saúde José Muniz Barreto. Trata-se de um investimento de cerca de R$ 100 mil.
Alguns imbróglios com a empresa responsável pela obra e com os repasses do Governo Federal foram resolvidos. Com isso, a obra continuará fluindo para que seja entregue o mais rápido possível a população laranjeirense. A obra consiste na substituição de todo o revestimento cerâmico de paredes e piso por novos, além da revisão de cobertura, elétrica e hidráulica;

14/05/2016

Povoado Machado tem Laboratório Popular de Informática atendendo a comunidade com Internet e Wi-Fi gratuitamente

O projeto desenvolvido por Carlos denominado de Rumo ao Desenvolvimento, foi aprovado pela Votorantim Cimentos juntamente com a BrazilFundation. Nesse projeto criou-se o Laboratório Popular de Informática que atende a mais de 50 alunos no curso de informática e durante um ano, serão mais de 120 alunos formados pelo laboratório. Tem  aluno que paga uma taxa de 10 reais quando pode, e os que não podem (de baixa renda), não pagam nada. Com o pagamento a associação procura manter pagamentos da manutenção do prédio e materiais para o curso.

Pastor Marco Feliciano clama bençãos a Michel Temer após posse: “Peço a Deus que ilumine o presidente”

Em sua página oficial, o pastor e deputado federal Marco Feliciano desejou boas vindas ao novo presidente interino Michel temer, em texto intitulado “Boas Vindas ao Nosso Presidente”, que assumiu imediatamente após a decisão do Senado em afastar Dilma Rousseff pelas pedaladas fiscais durante seu governo.
No último 30 de Abril, Marco Feliciano já havia divulgado uma mensagem do vice-presidente Michel Temer (PMDB) pedindo orações ao público do 34º Congresso dos Gideões Missionários, que ocorreu em Camboriú, Santa Catarina. No vídeo, Temer diz que ele e Feliciano querem fazer uma “religação dos brasileiros” e o pastor já contava com o afastamento de Dilma Rousseff antes mesmo da decisão do Senado na última quarta-feira (11).