NO DIA 30 DE SETEMBRO ACONTECERÁ UMA FESTA EM HOMENAGEM A TODOS OS PASTORES DE LARANJEIRAS. PARTICIPE!!!

11/03/2015

Encerrada a Capacitação sobre violência e abusos nas crianças. “Construindo um lugar seguro”

Pessoal da Capacitação
A Capacitação do Projeto José, que iniciou na semana passada e interrompida provisoriamente por conta do acidente, retomou suas atividades normais e finalizou nesta quarta-feira, dia 11/03, com a entrega de certificados a mais de 15 pessoas que foram capacitadas para saber lhe dar com a situação da pedofilia, abusos diversos nas crianças.
Para a professora Wanda Hudson, que ministrou todas as aulas, a criança não mente. Ela deu detalhe sobre essa questão com base em pesquisas que foram feitas e apontaram que 92% das crianças falam a verdade, apenas 8% invertem o que falam.
O curso foi todo voltado para o perfil do abusador que em muitos casos está relacionado ao pedófilo, bem como a transtornos mentais – onde para muitos casos, segundo a psicopatologia não deve ser encaminhado para o psicólogo, mas para um psiquiatra. “O Psicólogo não trata de problemas de transtornos, ele encaminha para o psiquiatra”.

A instrutora citou entre tantos, que é preciso ficar de olho na criança, no seu comportamento. Qualquer comportamento fora do normal, deve ser encarado com preocupação e fazer uma investigação como por exemplo: “crianças que estão na escola e não querem retornar tão logo termine as aulas, para casa”. É um problema que carece de uma investigação para responder a pergunta: “por que ela não quer voltar pra casa?”
O curso foi todo baseado nesse aspecto e deixou seus participantes curiosos e em poucas aulas, aptos a enfrentar uma situação como essa para desvendar o fato. É a rede de conexão entre pessoas, líderes, igrejas, e setores do governo tais como do setor social que lhe dá com esse tipo de coisas e por fim, o conselho tutelar. A instrutora Wanda Hudson foi mais além, “não precisa castigar com palmadas, espancamentos a criança que esta estiver agindo como criança”. Um exemplo, “a criança está pulando na cama brincando, vem os pais e bate nesta criança. Ela não vai saber por que está apanhando!”. Observando esse texto notamos que é verdade, a criança está apanhando por ser criança, pois isso é brincadeira de criança.

Esses assuntos e tantos outros transmitidos nas aulas, preencheram dúvidas e capacitou lideranças como líderes de igrejas, líderes políticos a exemplo da vereadora Celígena, e tantas outras pessoas vinculadas a uma igreja seja católica, Charliton Vieira – o Branco, evangélica – como o Pastor Jorge e Carlos Alberto - representando da Unimel.
No final, um close para as fotos. Foi a hora que encerrou a capacitação e todos exibiram com orgulho seus certificados. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário