FELIZ NATAL PRA TODOS E UM ANO DE 2017 CHEIO DE PAZ, AMOR E MUITA PROSPERIDADE JUNTO AO PAI CELESTRE: NOSSO DEUS TODO PODEROSO!!!

26/08/2015

Malafaia: “Porque Janot denuncia Cunha e esquece Dilma, citada 11 vezes na Lava-Jato?”; Assista

Nos últimos dias, o pastor Silas Malafaia tem sido criticado por dizer que nunca apoiou Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em suas candidaturas a deputado, mas o apoiou para a presidência da Câmara dos Deputados.
Malafaia voltou ao tema em seu perfil no Twitter e reiterou sua posição, frisando que seu apoio foi dado ao colega de ministério Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ): “Vou repetir o que falo há 4 dias: nunca apoiei Cunha para deputado. O deputado que apoio no RJ é Sóstenes. Porque só ele [Eduardo Cunha] foi denunciado? Essa é a questão”, escreveu o pastor.
Mais adiante, Silas Malafaia destaca que durante as investigações da Operação Lava-Jato, outros políticos com mandato foram denunciados antes de Eduardo Cunha, mas o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, teria excluído tais nomes de suas primeiras listas de denunciados encaminhadas ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Se Cunha deve, que pague. Porque o procurador não denunciou membros do governo e senadores que apoiam o governo que foram citados? INTERESSANTE! Até poucos dias, para o PT, Renan [Calheiros, PMDB-AL, presidente do Senado] era o diabo. Virou amigo do governo, passou a ser Ave Maria. Cunha, que é inimigo do governo, é o capeta. Cunha e Sóstenes, o deputado que apoio no RJ, disputam os votos do mesmo eleitorado. Era para eu desejar que Cunha se ferrasse. Só para vocês saberem”, pontuou Malafaia.

Não estou defendendo Cunha, e sim , um princípio de justiça.porque o procurador não denunciou os outros citados na lava jato antes dele?É SÓ
— Silas Malafaia (@PastorMalafaia) 23 agosto 2015

Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube, Malafaia voltou à questão, dizendo que a distorção de suas palavras era obra da “petralhada”, e que embora não tenha apoiado Cunha durante a campanha eleitoral, vibrou com sua vitória este ano, quando ele foi eleito pelos colegas de parlamento como presidente da Câmara dos Deputados, por ter derrotado o PT.
O pastor ainda questionou o motivo de Rodrigo Janot não ter denunciado Dilma Rousseff ao STF, já que a presidente foi citada em onze depoimentos da Lava-Jato. Assista no vídeo abaixo:
                   
Gospel mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário