NO DIA 30 DE SETEMBRO ACONTECERÁ UMA FESTA EM HOMENAGEM A TODOS OS PASTORES DE LARANJEIRAS. PARTICIPE!!!

21/05/2015

No Brasil, 79% se dizem praticantes de alguma religião; Média é superior à de outros países

Uma pesquisa realizada recentemente no Brasil constatou que oito a cada dez brasileiros se declaram praticantes de uma religião, o que coloca o país acima da média mundial.
No levantamento, realizado pelo Ibope em parceria com o instituto internacional Worldwide Independent Network of Market Research (WIN), descobriu-se que 79% das pessoas no Brasil praticam alguma religião, enquanto 16% disseram não praticar e outros 2% se declararam ateus.
A pesquisa Barômetro Global de Otimismo foi realizada em 65 países, segundo informações do G1. Em comparação com os demais países pesquisados, a média de religiosos no Brasil (79%) é amplamente superior à dos demais países (63%).
Em contrapartida, o número daqueles que não praticam a religião no Brasil (16%) são inferiores à média internacional (22%). O mesmo se repete com ateus: 2% no Brasil, e 11%, em média, nos demais países.
Os países da África e do Oriente Médio tiveram uma média de praticantes da religião ainda maior que a do Brasil: 86% e 82%, respectivamente. Mas, no continente americano como um todo, a média brasileira ainda é superior: 79% a 66%. O número de brasileiros praticantes de alguma fé é maior também que a dos países do leste europeu, que tiveram média de 71%.
Na Oceania e na Europa ocidental, a divisão entre os que praticam alguma religião e os que não praticam é mais equilibrada. Na Oceania, 44% se consideram religiosos e 37% não se consideram, enquanto entre os europeus a proporção é de 43% X 37%. A maior quantidade de ateus, proporcionalmente, também fica nessas duas regiões e na Ásia: 14% no oeste europeu e na Ásia, e 12% na Oceania.
Já a China, com mais de 1 bilhão de habitantes, é o país com menos pessoas praticantes de alguma religião. Por lá, apenas 10% se dizem religiosos, enquanto 29% afirmam não serem religiosos e outros 61% se declaram ateus.

Gospel mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário