PARTIDO HUMANITÁRIO NACIONAL - PHN ESTÁ LEVANTANDO UMA CAMPANHA EM BUSCA DE ASSINATURAS. SE VOCÊ FOR CONVIDADO POR ALGUÉM PARA ASSINAR, ASSINE. COM ISSO ESTARÁ DANDO APOIO AO PHN QUE JÁ EXISTE EM QUASE TODO BRASIL E EM LARANJEIRAS/SERGIPE.

15/10/2014

Um pouco de minha história política. Saiba mais....

Fui um dos fundadores do PSDB em Laranjeiras. De vice-presidente, logo me tornei presidente e acredite, mais de 10 mandatos. Em outras palavras, 20 anos comandando o partido na cidade. Mas também, o partido chegou a ser um dos maiores tendo um deputado estadual que logo foi eleito prefeito de Laranjeiras, mais cinco vereadores dos nove que tinha.
Quando o partido mudou o diretório regional fiquei me sentindo como se fosse perseguido, ou seja, tudo que fazia, diziam que não estava bom ou coisa assim. Com o passar do tempo, vi que não deveria continuar no partido então sai do PSDB e fui para o PMN. La tudo bem, mas alguma coisa não batia. Resolvi sair do PMN e ir para o PT. Meu Deus... a coisa pegou foi ai... em uma reunião nesse partido quase apanho... Lamentavelmente!!! Foi uma época em que tinha que decidir meu nome para candidato e um grupinho não aceitava e então gritava, agitava, estrondava mas graças a Deus não chegaram a tocar em mim. Até dizer que iam “acabar com a minha candidatura” ouvi isso em tons estrondosos. Mas tudo bem, fui candidato e demonstrei pra todos eles que tinha grupos e força política a qual eles não tinham. Fui o candidato mais votado do PT, pense nisso???? “Tucano”, o candidato mais votado do PT!!! Pois é... isso aconteceu na eleição passada para vereador quando fui candidato.

O tempo todo ouço falar em mudança... mas a primeira mudança deve partir da pessoa. “Nada muda se vocês não mudarem”, falou um candidato a vereador  pelo partido que ate então eu estava como presidente há mais de 20 anos em um palanque. Antônio Carlos, o “Neguinho da Farmácia”.  Ele não ganhou a eleição, afinal, ninguém do nosso partido, mas nosso candidato João das Varzinhas, foi eleito prefeito. E o que é pior, nós não tivemos nada de concreto. Mas tudo bem, éramos inocentes na política e não sabíamos que estávamos sendo usados e enganados.  O professor Ginaldo, Jailtão, Gilvan, Regi (de Renato da Cachaça) e Antonio Carlos foram candidatos que propusemos em coligação com o PFL na época entre outros partidos.
No PMN que citei, colocamos uma candidata. Mas o intuito era ajudar o candidato a prefeito ser eleito. Ze Carlos, o JJ, foi o candidato a prefeito, mas não foi eleito!!!
O PSDB em minha época foi governo em Laranjeiras, como disse, tinha o prefeito e cinco vereadores. Eu fui o presidente durante todo o mandato do prefeito, o então famoso político José Monteiro Sobral. Mas que pena, todos eles saíram do partido. E eu fiquei sozinho, levantei novamente a bandeira... mas a direção estadual não era comigo e me combatia muito então sai desse partido e entreguei ao jornalista Ariosvaldo Sizino Franco, que depois se desentendeu com a regional contribuindo para também sua saída. Entrou João Miguel, depois Pau-Veio e por fim, o partido ficou sem ninguém.  
No ano de 1999 fui candidato a vereador por esse partido e cheguei a ter 40 votos. Nessa época se elegia com até 100 votos.
A coordenação regional do PSDB me chama, conversa comigo e pede o meu retorno. Dentre as combinações, retornei. Mas não tive apoio. Então novamente sai e, como já falei anteriormente, fui para o PT e diante de toda tragédia, fui o mais votado tendo 157 votos.
Por ora estou sem partido atualmente e assim desejo continuar até que tudo se normalize e eu decida voltar a me filiar em algum partido. Já há convites para diversos partidos até mesmo voltar novamente ao PSDB do meu amigo Samuel (do Pinheiro). Por enquanto estou me preparando e me programando para toda essa situação sabendo que, a partir de 2015 me filiarei em um partido, arregimentarei grupos e com força total, claro, serei candidato às eleições de 2016.
Apesar de nunca ter nada de política, minha vida foi e esta mais voltada para a política. Então... Vamos à luta. 2016 mim espera!!!!

Mais informações sobre minha história política, clique aqui:  História Política de Carlos Alberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário