FELIZ NATAL PRA TODOS E UM ANO DE 2017 CHEIO DE PAZ, AMOR E MUITA PROSPERIDADE JUNTO AO PAI CELESTRE: NOSSO DEUS TODO PODEROSO!!!

15/10/2014

Um pouco de minha história política. Saiba mais....

Fui um dos fundadores do PSDB em Laranjeiras. De vice-presidente, logo me tornei presidente e acredite, mais de 10 mandatos. Em outras palavras, 20 anos comandando o partido na cidade. Mas também, o partido chegou a ser um dos maiores tendo um deputado estadual que logo foi eleito prefeito de Laranjeiras, mais cinco vereadores dos nove que tinha.
Quando o partido mudou o diretório regional fiquei me sentindo como se fosse perseguido, ou seja, tudo que fazia, diziam que não estava bom ou coisa assim. Com o passar do tempo, vi que não deveria continuar no partido então sai do PSDB e fui para o PMN. La tudo bem, mas alguma coisa não batia. Resolvi sair do PMN e ir para o PT. Meu Deus... a coisa pegou foi ai... em uma reunião nesse partido quase apanho... Lamentavelmente!!! Foi uma época em que tinha que decidir meu nome para candidato e um grupinho não aceitava e então gritava, agitava, estrondava mas graças a Deus não chegaram a tocar em mim. Até dizer que iam “acabar com a minha candidatura” ouvi isso em tons estrondosos. Mas tudo bem, fui candidato e demonstrei pra todos eles que tinha grupos e força política a qual eles não tinham. Fui o candidato mais votado do PT, pense nisso???? “Tucano”, o candidato mais votado do PT!!! Pois é... isso aconteceu na eleição passada para vereador quando fui candidato.

O tempo todo ouço falar em mudança... mas a primeira mudança deve partir da pessoa. “Nada muda se vocês não mudarem”, falou um candidato a vereador  pelo partido que ate então eu estava como presidente há mais de 20 anos em um palanque. Antônio Carlos, o “Neguinho da Farmácia”.  Ele não ganhou a eleição, afinal, ninguém do nosso partido, mas nosso candidato João das Varzinhas, foi eleito prefeito. E o que é pior, nós não tivemos nada de concreto. Mas tudo bem, éramos inocentes na política e não sabíamos que estávamos sendo usados e enganados.  O professor Ginaldo, Jailtão, Gilvan, Regi (de Renato da Cachaça) e Antonio Carlos foram candidatos que propusemos em coligação com o PFL na época entre outros partidos.
No PMN que citei, colocamos uma candidata. Mas o intuito era ajudar o candidato a prefeito ser eleito. Ze Carlos, o JJ, foi o candidato a prefeito, mas não foi eleito!!!
O PSDB em minha época foi governo em Laranjeiras, como disse, tinha o prefeito e cinco vereadores. Eu fui o presidente durante todo o mandato do prefeito, o então famoso político José Monteiro Sobral. Mas que pena, todos eles saíram do partido. E eu fiquei sozinho, levantei novamente a bandeira... mas a direção estadual não era comigo e me combatia muito então sai desse partido e entreguei ao jornalista Ariosvaldo Sizino Franco, que depois se desentendeu com a regional contribuindo para também sua saída. Entrou João Miguel, depois Pau-Veio e por fim, o partido ficou sem ninguém.  
No ano de 1999 fui candidato a vereador por esse partido e cheguei a ter 40 votos. Nessa época se elegia com até 100 votos.
A coordenação regional do PSDB me chama, conversa comigo e pede o meu retorno. Dentre as combinações, retornei. Mas não tive apoio. Então novamente sai e, como já falei anteriormente, fui para o PT e diante de toda tragédia, fui o mais votado tendo 157 votos.
Por ora estou sem partido atualmente e assim desejo continuar até que tudo se normalize e eu decida voltar a me filiar em algum partido. Já há convites para diversos partidos até mesmo voltar novamente ao PSDB do meu amigo Samuel (do Pinheiro). Por enquanto estou me preparando e me programando para toda essa situação sabendo que, a partir de 2015 me filiarei em um partido, arregimentarei grupos e com força total, claro, serei candidato às eleições de 2016.
Apesar de nunca ter nada de política, minha vida foi e esta mais voltada para a política. Então... Vamos à luta. 2016 mim espera!!!!

Mais informações sobre minha história política, clique aqui:  História Política de Carlos Alberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário