PARTIDO HUMANITÁRIO NACIONAL - PHN ESTÁ LEVANTANDO UMA CAMPANHA EM BUSCA DE ASSINATURAS. SE VOCÊ FOR CONVIDADO POR ALGUÉM PARA ASSINAR, ASSINE. COM ISSO ESTARÁ DANDO APOIO AO PHN QUE JÁ EXISTE EM QUASE TODO BRASIL E EM LARANJEIRAS/SERGIPE.

19/07/2016

Laranjeiras: Vereadores debatem criação de Projeto de Lei que garanta empregabilidade

Os vereadores de Laranjeiras debateram na sessão desta terça-feira, (07), a criação de um Projeto de Lei que garanta a empregabilidade da população laranjeirense, já que muitos trabalhadores de empresas instaladas no município estão perdendo os empregos para pessoas de outras cidades.
O vereador Adriano de Pedra Branca chamou a atenção, mais uma vez para o referido tema que logo teve a participação dos demais edis.
O vereador Jânio Dias prevendo a grande parada que haverá próximo ano na Petrobras/Fafen, na qual trabalharão mais de 2500 contratados, sugeriu a criação de um Projeto de Lei (PL) em que o gestor municipal conceda incentivo fiscal às empresas que prestam serviço em manutenção industrial em troca da garantia dos postos de trabalho aos munícipes. Em discurso, o vereador Jânio Dias fez um alerta para o andamento rápido do PL, tendo em vista a importância e a urgência do mesmo.

"No chamado período de parada da Fafen é uma boa oportunidade de renda para os trabalhadores laranjeirenses. Portanto, temos que agilizar a criação do PL, para que possamos contemplar já estes trabalhadores no próximo ano. Acredito que, com este projeto, possamos solucionar o problema da empregabilidade em Laranjeiras", disse Jânio Dias.
A respeito do tema, a vereadora Celígena de Zé Franco alertou que existe uma Lei de sua autoria em que as empresas instaladas em Laranjeiras podem contratar jovens, através do programa 1º Emprego em troca de incentivos fiscais. "Esta lei já existe na casa e temos que cobrar a aplicação dela. Isto já é o primeiro passo para garantir a empregabilidade da nossa população", ressaltou Celígena.
No uso da palavra, os vereadores Adriano Carvalho, José Mauro da Silva e Laércio Francisco de Lima sugerem que, não só os jovens sejam beneficiados, mas todos os trabalhadores de Laranjeiras e reivindicam a criação de uma nova lei, em parceria com o poder executivo que contemple o maior numero possível de categorias profissionais. "A meu ver é preciso a criação de uma comissão de vereadores para se reunir com a Assessoria Jurídica da CML e analisar a constitucionalidade dessa matéria. A situação dos trabalhadores desempregados em Laranjeiras é grave e precisamos ganhar tempo", frisou Mauro de Pedra Branca.


CML

Nenhum comentário:

Postar um comentário