FELIZ NATAL PRA TODOS E UM ANO DE 2017 CHEIO DE PAZ, AMOR E MUITA PROSPERIDADE JUNTO AO PAI CELESTRE: NOSSO DEUS TODO PODEROSO!!!

31/03/2015

Para reduzir perda de audiência causada por boicote, Globo faz mudanças em Babilônia

A TV Globo reagiu à baixa audiência de Babilônia e colocou em prática uma operação de salvamento da novela, para atrair os internautas que não gostaram da trama e acalmar os evangélicos que decidiram boicotá-la.
Como o beijo gay entre duas personagens e a fixação de uma das principais coadjuvantes por sexo provocou a ideia de que o folhetim se resumia apenas a vingança e sedução, agora a Globo está exibindo chamadas para Babilônia que destacam a história da personagem da atriz Camila Pitanga.
“Rio de Janeiro, morro da Babilônia. Aqui vive Regina, uma mulher que se esforça para cuidar da família e tem muito orgulho de seu trabalho. Depois de uma decepção amorosa, ela nunca mais se envolveu com ninguém. Mas Vinicius [Thiago Fragoso] está conseguindo aos poucos mudar essa história”, diz a chamada que vem sendo veiculada pela emissora.
Com tom didático para quem não assistiu nenhum capítulo, a emissora tenta associar o nome dado à novela ao morro carioca, e não à cidade bíblica sinônimo de confusão e pecado.
Outras mudanças também foram implementadas para refazer a imagem de Babilônia junto aos telespectadores: “Antes, a abertura da novela vinha em um tom sóbrio, com o logotipo vermelho em uma parede de concreto. Agora, para ficar mais agradável, o logotipo está colorido, com o fundo em roxo (foto)”, diz reportagem do iG Gente.
Com queda de 19% na audiência em relação à média do horário, a emissora não descarta obrigar os autores a mudar o rumo da novela: “As mudanças [visuais] são a primeira reação da Globo à baixa audiência de Babilônia. Por enquanto, nada vai mudar na trama, que tem grande frente de capítulos escritos. Mudanças só ocorrerão após uma reavaliação do departamento de teledramaturgia e de pesquisas com grupos de telespectadores. Internamente, a avaliação é a de que Babilônia exagerou ao concentrar os primeiros capítulos em personagens polêmicos”, escreveu Daniel Castro, jornalista especializado em TV.Assista à chamada da novela que destaca a “luta diária” da personagem Regina (Camila Pitanga):

Gospel mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário