PARTIDO HUMANITÁRIO NACIONAL - PHN ESTÁ LEVANTANDO UMA CAMPANHA EM BUSCA DE ASSINATURAS. SE VOCÊ FOR CONVIDADO POR ALGUÉM PARA ASSINAR, ASSINE. COM ISSO ESTARÁ DANDO APOIO AO PHN QUE JÁ EXISTE EM QUASE TODO BRASIL E EM LARANJEIRAS/SERGIPE.

04/11/2014

Reunião das lideranças de igrejas evangélicas de Laranjeiras escolhe o Representante intermediário entre eles e o governo municipal

Foto Arquivo: Capacitação de Facilitador de Missão Integral
ONTEM - Segunda dia 03/11/2014, às 14 horas as lideranças reuniram-se no Clube e decidiram aprovar o nome do diácono Carlos Alberto para ser o Representante legitimado por eles, junto ao governo municipal de Laranjeiras. Ou seja, ele será o intermediário entre as lideranças de igrejas evangélicas e o gestor da administração municipal.
Na verdade esse representante acatará todas as decisões e demandas discutidas e aprovadas em reunião das lideranças de igrejas evangélicas e encaminhará ao prefeito para analisar possibilidades em atender as prioridades apresentadas pelas igrejas evangélicas de Laranjeiras.  

O  Representante deve:  
1 - acatar o que as lideranças decidirem em reuniões e encaminhá-las ao governo municipal;

2 - cobrar agilidade dessas demandas e ações ao governo do município;
3 - articular projetos e resolver o que for necessário para o desenvolvimento de ruas, bairros e igrejas enquanto instituição; 
4 - deve ser humilde, cordado e conciliador.
5 - deverá ser uma pessoa cheia do Espírito Santo e de sabedoria, ter o reconhecimento dos crentes e do povo;
6 - deverá ter ainda conhecimento profundo do que diz a Escritura, pois é por meio dela que saberá se posicionar com relação aos vários interesses do governo e dos líderes evangélicos.

Na verdade o Carlos Alberto já corre atrás dos interesses dos evangélicos, mas até então, não tinha legitimidade, poderes atribuídos a ele para essa missão. Após a reunião passa a ter todas essas atribuições, legitimidade e autoridade para continuar fazendo esse intercâmbio entre as lideranças e o governo municipal. Cada um dos presentes a reunião manifestou seu desejo e todos disseram ser o nome do diácono Carlos Alberto a pessoa certa para ser o Representante que passa a ter legitimidade na função lhe atribuída nesta data.
No final da reunião, por volta das 17 horas, às lideranças passaram a assinar, como ato de fé, confirmando o processo de escolha e do nome para ser o Representante e todos impuseram suas mãos sobre o diácono Carlos Alberto Santos e oraram dando poderes para a missão lhe atribuída.


Nenhum comentário:

Postar um comentário